Atualidades

Comente 05.10.20 431 Visualizações Imprimir Enviar
Visões equivocadas sobre Empreendedorismo e Inovação

Visões equivocadas sobre Empreendedorismo e Inovação – tenho escrito aqui muitos artigos sobre inovação. Primeiro, porque o tema me interessa muito. Em segundo lugar, porque com a pandemia temos que ser cada vez mais inovadores. E há algumas visões equivocadas com relação a empreendedorismo e inovação, sobre os quais irei discorrer.  Se você quiser ser notificado dos próximos artigos, cadastre seu e-mail aqui ao lado, em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

Empreendedorismo e Inovação – inovação é pra quem pode!

Frequentemente, quando falo sobre inovação, menciono que vem à nossa mente conceitos tais como o iPhone, o Uber, iFood. Na realidade, há muito mais. Há pequenas inovações, que podem passar desapercebidas para certos mercados, porém há muitos mercados ávidos por essas pequenas inovações. Ou seja, o empreendedor ao invés de olhar para a fila de milhares de pessoas que querem comprar o mais recente modelo do iPhone, deve olhar para os milhões, quiçá bilhões de pessoas que querem inovações que tornem o seu cotidiano mais fácil e mais simples. E esse é um imenso mercado. Há muito dinheiro envolvido, há muitas possibilidades de negócio, muito mais que mirando apenas as camadas elitizadas da sociedade. Leia o artigo Jugaad – gambiarra também pode ser inovação, e se possível, assista o filme Pad Man – o homem absorvente. Muitos países, pobres, sim, talvez paupérrimos, tiveram melhorias de até 40% no IDH em dez anos, e isso significa que cada vez mais pessoas estão tendo acesso, senão às últimas inovações tecnológicas, a alguns mercados para os quais o empreendedor inteligente deve olhar com atenção.

Empreendedorismo e Inovação – vamos investir em Pesquisa &Desenvolvimento (P&D)

As grandes empresas, principalmente no mundo ocidental, criaram o paradigma de que um sistema industrial produz mais resultados sendo municiado com mais insumos. Ou seja, a cultura do “mais com mais”.

Em consequência, as mil empresas mundiais que mais investem em P&D gastaram, somente em 2010, US$ 550 Bilhões!!! (Jaruzelski, B., “The Global Innovation 1000: Why culture is Key”, strategy-business, 2011)

Não obstante, um relatório da Booz Allen “Money isn’t everything“revela que os resultados foram decepcionantes, a ponto de o relatório ostentar a figura abaixo:

Empreendedorismo e Inovação
Empreendedorismo e Inovação – investimos 2 Bi em P&D, e tudo que conseguimos foi esta porcaria de camiseta!!!

Empreendedorismo e Inovação – abordagem estruturada

George Buckley, CEO de uma das empresas mais cultuadas em termos de inovação, a 3M, a qual já foi objeto de um artigo aqui no Blogtek, prega o que para muitos pode soar como uma heresia: reverteu muitas inciativas de Seis Sigma na 3M. E alega: A invenção é por natureza, um processo desordenado, não se insere em um modelo 6 Sigma.

De fato, a Inovação pressupõe Criatividade, e não dá para incentivar nossa equipe a ser criativa, dizendo: “O horário de 08:00 às 10:00 é reservado para a Criatividade”.  

Para incentivar a Criatividade, temos que deixar fluir a liberdade de pensar e criar. Isto pode ser difícil para muitos de nós, gestores!

A cada semana, publicamos novos artigos aqui no Blogtek, sobre Gerenciamento de Projetos, Gestão da Manutenção, e tópicos sobre Liderança e Gestão. Também semanalmente publicamos um vídeo, os quais podem ser acessados em youtube.com/c/Blogtek. Para manter-se informado sobre os próximos artigos, cadastre seu e-mail em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.
Stonner

Rodolfo Stonner, Engenheiro Mecânico pela UFRJ, atuou como Engenheiro de Equipamentos Sênior da Petrobras, e foi Gerente de Construção e Montagem das Obras Extramuros da Refinaria Abreu e Lima (RNEST), em Pernambuco. Atualmente aposentado, é consultor e instrutor nas áreas de Gerenciamento de Projetos e Gestão da Manutenção, e está atuando com a Deloitte na implantação do PMO para a Refinaria de Talara, Peru. Gosta de lecionar, trocar experiências e conhecimentos, é certificado como PMP (Project Management Professional) e RMP (Risk Management Professional) pelo PMI, e CRE (Certified Reliability Engineer) pela ASQ.

Newsletter

Seja notificado sempre que um novo conteúdo estiver disponível.

Não se preocupe, não temos prática de enviar spam.