Liderança e Gestão

1 Comentário 17.02.20 1008 Visualizações Imprimir Enviar
Sete ferramentas da Qualidade

Sete ferramentas da Qualidade – já publicamos aqui no Blogtek um artigo sobre as Sete ferramentas de Gerenciamento, e posteriormente detalhamos cada uma destas ferramentas em outros artigos. Há também as Sete ferramentas da Qualidade… será coincidência no número sete para ambas? Ao número sete são atribuídas características meio cabalísticas, porém quero crer que no universo da gestão isto não tenha tido impacto, que seja mera coincidência. Hoje iremos enumerar estas sete ferramentas da qualidade, para posteriormente descrevermos com mais detalhes cada uma delas. Se você quiser ser notificado dos próximos artigos, cadastre seu e-mail aqui ao lado, em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

Sete ferramentas de Gerenciamento – para recordar

Apenas como recordatório, e para auxiliar o leitor a descobrir mais sobre as ferramentas de gerenciamento, enumeramos quais são elas, com os respectivos links:

Diagrama de afinidade (método KJ)

Diagrama de inter-relações

Diagrama de árvore

Diagrama Matricial

Análise matricial de dados

Diagrama de setas

Process Decision Program Chart (PDPC)

Sete ferramentas da Qualidade – quais são

As sete ferramentas da qualidade foram amplamente divulgadas por Kaoru Ishikawa (que é também o criador de uma destas ferramentas), inspirado em uma série de palestras que Edwards Deming apresentou para engenheiros e cientistas no Japão, e que foram marcantes para o despertar industrial do Japão. Ishikawa observou que 95% dos problemas da qualidade poderiam ser resolvidos por estas ferramentas.

Histograma: problemas e dados sobre a qualidade de produtos costumam ser levantados através de relatórios de quantidade de ocorrências. Porém, para melhor visualização destes dados, costuma-se colocá-los na forma de gráfico de barras, denominados histogramas.

Fluxograma: toda organização trabalha através de processos, sejam estes industriais ou administrativos. Os processos podem ser melhor visualizados através de fluxogramas, o que permite uma avaliação mais adequada, e identificar possíveis melhorias nos processos.

Ferramentas da Qualidade - carta de controleControle estatístico de processo ou Carta de controle: um fator crítico para a qualidade é a estabilidade dos processos que geram um produto ou serviço. De nada adianta um “chef de cuisine” criar um prato genial, se não conseguir repeti-lo sempre que necessário. As cartas de controle permitem verificar a estabilidade dos processos.

Ferramentas da Qualidade - gráfico de dispersãoDiagrama de dispersão: esta é uma das ferramentas mais técnicas da qualidade. Trata-se de dados relativos a variáveis de processos, dispostas de forma gráfica, permitindo verificar se há correlação entre estas variáveis, se é uma correlação positiva ambas variam no mesmo sentido, seja aumentando ou diminuindo), ou uma correlação negativa (quando uma variável aumenta, a outra diminui), ou se não correlação entre as variáveis.

Folha de verificação: estabelecidos os parâmetros que um produto ou serviço deve apresentar, a lista destes parâmetros, com a possibilidade de uma rápida verificação da conformidade, constitui uma lista de verificação ou check-list, já abordado em um artigo do Blogtek (leia aqui).

Diagrama de Ishikawa (também conhecido como diagrama causa-efeito, ou espinha de peixe): é uma das mais populares ferramentas da qualidade, permitindo analisar um problema e descobrir quais as causas deste problema, de forma estruturada. Também já abordado aqui no Blogtek, leia aqui.

Ferramentas da Qualidade - diagrama de ParetoGráfico de Pareto: também conhecido como princípio 80/20, foi criação do economista italiano Vilfredo Pareto, e depois fortemente divulgado por Joseph Juran, que percebeu que 80% dos problemas da qualidade têm habitualmente sua origem em 20% das causas possíveis. Portanto, tratando-se prioritariamente estes 20%, consegue-se uma drástica redução nos problemas da qualidade. Leia mais aqui.

Nas próximas semanas, iremos detalhar as ferramentas da qualidade ainda não discutidas aqui.

A cada semana, publicamos novos artigos aqui no Blogtek, sobre Gerenciamento de Projetos, Gestão da Manutenção, e tópicos sobre Liderança e Gestão. Também semanalmente publicamos um vídeo, os quais podem ser acessados em youtube.com/c/Blogtek.  Se você quiser ser notificado dos próximos artigos, cadastre seu e-mail aqui ao lado, em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

Incoming search terms:

  • As sete Ferramentas da Qualidade são:
  • https://blogtek com br/sete-ferramentas-da-qualidade/
  • perfil introvertido sensorial sentimental julgador
  • QUatro tipos comportamentais de acordo com Ned Hemann
  • sindrome da estudante

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.
Stonner

Rodolfo Stonner, Engenheiro Mecânico pela UFRJ, atuou como Engenheiro de Equipamentos Sênior da Petrobras, e foi Gerente de Construção e Montagem das Obras Extramuros da Refinaria Abreu e Lima (RNEST), em Pernambuco. Atualmente aposentado, é consultor e instrutor nas áreas de Gerenciamento de Projetos e Gestão da Manutenção, e está atuando com a Deloitte na implantação do PMO para a Refinaria de Talara, Peru. Gosta de lecionar, trocar experiências e conhecimentos, é certificado como PMP (Project Management Professional) e RMP (Risk Management Professional) pelo PMI, e CRE (Certified Reliability Engineer) pela ASQ.

Newsletter

Seja notificado sempre que um novo conteúdo estiver disponível.

Não se preocupe, não temos prática de enviar spam.