Gerenciamento de Projetos

19 Comentários 16.03.14 5222 Vizualizações Imprimir Enviar
Ruídos na Comunicação em Projetos: Preconceito

Ruídos na Comunicação em Projetos: Preconceito. Hoje temos o prazer de receber no Blogtek, mais uma vez, o nosso simpático e competente colega Isnaldo. Como PMP, trabalhando ativamente no Gerenciamento de Grandes Projetos, Isnaldo conhece muito bem os problemas gerados pela Comunicação em Projetos (principalmente, a falta de, ou a não comunicação…). Para ser notificado de novos artigos no Blogtek, cadastre seu e-mail aqui em Assine o Blogtek. SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

 

Ruídos na comunicação em projetos - preconceito

Ruídos na comunicação em projetos – preconceito

Preconceito é uma palavra formada pelo prefixo latino “pre” (anterioridade, antecipação, adiantamento, superioridade comparativa) + “concéptus”, que deriva do verbo latino capìo, que dá origem a concipìo (juntar, reunir, receber, conceber, imaginar, exprimir por uma fórmula). É, portanto, uma imagem, uma expressão formada antes de se ter todos os conhecimentos necessários, sem maior ponderação.

Situações do tipo:

– “Lá vem aquele chato”.

– “Essa pessoa é do setor A, deve ter algum outro interesse para estar falando isso”.

– “Fulano é um X9” (expressão popular para delator, dedo-duro).

– “Beltrano é muito soberbo”.

– “Sicrano conhece muito e é equilibrado. Tudo que ele fala é correto”.

– “Esta pessoa tem um alto cargo na organização. Deve estar falando algo importante”.

São bastante comuns de se encontrar no ambiente de projeto seja nas palavras ou apenas nos pensamentos das pessoas. No bojo dessas citações e/ou pensamentos, há um conceito previamente estabelecido, uma concepção formada, boa ou má, devidamente justificada ou não.

 

“É impossível para um homem aprender aquilo que ele acha que já sabe”. Epiteto – filósofo grego (50 – 115 A.C.).

 

Ruídos na comunicação em projetos - a escuta

Ruídos na comunicação em projetos – a escuta

A comunicação efetiva pressupõe uma série de requisitos, entre os quais a escuta ativa. Escutar ativamente é ouvir com atenção, com foco na comunicação que está se fazendo com a outra pessoa. O preconceito funciona como um modelo mental ou uma voz interior que pode, e muitas vezes o faz, impedir o desenvolvimento de uma escuta ativa no processo de comunicação.

Antes que qualquer diálogo se inicie, já se adota, por exemplo, uma posição de defesa, ou de ataque, ou de ironia, ou de desprezo. Todas, na maior parte das vezes, desfavoráveis ao ambiente do projeto e à construção de equipes de alto desempenho no longo prazo.

A superação de preconceitos não é o objetivo deste texto, até porque este é um assunto bastante extenso e complexo, sendo que alguns preconceitos estão bastante arraigados, quase que fazendo parte da cultura da organização, e outros são até patologias das pessoas.

Entretanto, o conhecimento e a atenção à questão já é um começo, e a boa comunicação, tão necessária ao sucesso na gestão dos projetos, agradece.

Incoming search terms:

  • ruídos de comunicação nas empresas e projetos
  • ##########################
  • comunicação- preconceito
  • O que é ruído em comunicação na gestão de projetos
  • o que é ruido em gerenciamento de projeto
  • porque é quase impossivel a comunicaçao nao apresenta ruídos
  • preconceito na comunicação
  • quais sao os exemplos de ruidos gerados pelo preconceito
  • questões de comunicação em projetos
  • ruidos de comunicação projetos

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.
Isnaldo

Engenheiro Mecânico pela UFPE. Especialização em Montagem Industrial e Fabricação Mecânica pela UFF. PMP desde 31/01/2005. Ministra aulas de Fundamentos do Gerenciamento de Projetos na UFF e na Universidade Petrobras.

Newsletter

Seja notificado sempre que um novo conteúdo estiver disponível.

Não se preocupe, não temos prática de enviar spam.