Liderança e Gestão

Comente 07.11.16 1699 Vizualizações Imprimir Enviar
Mind map – mapa mental

Mind Map – mapa mental:   os mapas mentais foram criados pelo escritor inglês Tony Buzan, autor de diversos artigos e livros sobre psicologia, mas conhecido principalmente pela criação e divulgação dos mapas mentais. Estima-se que cerca de 250 milhões de pessoas em todo o  mundo façam uso eventual de Mapas Mentais. Se você quiser ser notificado dos próximos artigos, cadastre seu e-mail aqui abaixo, em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

Mind Map – mapa mental: conceito

Os mapas mentais são diagramas, os quais seguem um conceito inicial, mas apresentam grande diversidade de formados e variações, os quais nos auxiliam na resolução de problemas, gestão de informações e conhecimento, criação de apresentações, apostilas e livros, e como ferramenta de brainstorming.

Pessoalmente, creio que Buzan se inspirou na mania inconsciente que temos de, ao conversar pelo telefone, assistir uma palestra, participar de uma reunião, fazermos anotações e desenhos esparsos. Alguns de nós, possivelmente mais metódicos e disciplinados, conseguimos colocar nossas observações de forma estruturada, mas geralmente estas tem um caráter aleatório e vago.

Os mapas mentais buscam criar diagramas, a partir de uma ideia central, reportando as relações conceituais que existem entre informações dispersas, ilustrando os relacionamentos e sua contextualização de forma gráfica.

Apesar de poderem ser construídos de formas variadas, no que concerne à apresentação gráfica, todos os mapas mentais têm algumas coisas em comum: uma estrutura organizacional que parte do centro e irradia para o exterior, usando linhas, símbolos, palavras e figuras, transformando uma tediosa lista de informações em um diagrama colorido, organizado, fácil de entender e memorizar.

Mind Map – mapa mental: construção

O próprio Tony Buzan, em seu site, recomenda para a construção do Mind Map:

Papel em branco, sem pauta (de preferência, na posição “paisagem”)

Canetas e lápis coloridos

Seu cérebro

Sua imaginação

Passos para a construção:

1)     Parta do centro da folha, pois isto dará ao seu cérebro liberdade para se expandir naturalmente em todas as direções.

2)     Use uma imagem ou foto para sua ideia central, pois uma imagem é mais impactante, interessante e desperta a sua imaginação, facilitando a concentração.

3)     Use abundantemente cores, pois estas também estimulam seu cérebro, agregam energia, permitem destaques.

4)     Conecte os “galhos” principais à imagem central, e assim sucessivamente com os “galhos” secundários, terciários, pois nosso cérebro trabalha por associações, e será mais fácil entender e memorizar.

5)     Faça suas conexões mais através de curvas do que de retas, pois muitas linhas retas tornam o diagrama chato e tedioso.

6)     Use uma palavra chave por conexão, pois palavras chave simples dão ao cérebro mais poder e flexibilidade.

7)     Use muitas imagens, porque, como diz o velho adágio popular, uma imagem vale por mil palavras.

A seguir, vemos um exemplo de Mind Map do site de Tony Buzan.

Mind map - mapa mental: exemplo

Mind map – mapa mental: exemplo

A sequência de figuras mostra a evolução de construção de uma Mind Map. Observe que, para efeitos de obter imagem para a publicação neste artigo, foi construído o desenho com as ferramentas de desenho do MS-Office. Na prática isto levaria muito tempo, e tolheria o processo. Por isso, recomendamos fazer à mão, e depois construir o diagrama, ou usar diretamente um dos softwares disponíveis para a construção de Mind Maps (veja alguns deles aqui).

Mind map - mapa mental: primeiro passo

Mind map – mapa mental: primeiro passo

Mind map - mapa mental: expandindo

Mind map – mapa mental: expandindo

Mind map - mapa mental: consolidado

Mind map – mapa mental: consolidado

Estamos sempre publicando artigos sobre Liderança e Gestão, Gerenciamento de Projetos, Gestão da Manutenção. Para manter-se informado sobre os próximos artigos, cadastre seu e-mail em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

 

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.
Stonner

Rodolfo Stonner, Engenheiro Mecânico pela UFRJ, atuou como Engenheiro de Equipamentos Sênior da Petrobras, e foi Gerente de Construção e Montagem das Obras Extramuros da Refinaria Abreu e Lima (RNEST), em Pernambuco. Atualmente aposentado, é consultor e instrutor nas áreas de Gerenciamento de Projetos e Gestão da Manutenção, e está atuando com a Deloitte na implantação do PMO para a Refinaria de Talara, Peru. Gosta de lecionar, trocar experiências e conhecimentos, é certificado como PMP (Project Management Professional) e RMP (Risk Management Professional) pelo PMI, e CRE (Certified Reliability Engineer) pela ASQ.

Newsletter

Seja notificado sempre que um novo conteúdo estiver disponível.

Não se preocupe, não temos prática de enviar spam.