Menu

Gemba, ou, em bom Português, TBC!

Stonner 1 Comentário 02.10.18 772 Vizualizações Imprimir Enviar

Gemba, ou, em bom Português, TBC!  A filosofia Lean (tradução: enxuto(a), no sentido de evitar desperdício) foi introduzida pelo engenheiro Taiichi Ohno, engenheiro de produção da Toyota, que foi um dos criadores do Sistema Toyota de Produção. Esta filosofia, que gerou melhor qualidade e produtividade nas indústrias, hoje intensamente estudada e aplicada, gerou uma série de práticas, dentre as quais, o “Gemba”. Esta palavra corresponde à expressão Genchi Genbutsu (Vá ver), e significa literalmente “lugar verdadeiro”. Se você quiser ser notificado dos próximos artigos, cadastre seu e-mail aqui ao lado, em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.

Gemba, e o TBC: conceito

Gemba

Gemba – walk across the area

Para muitos de nós, os estrangeirismos têm certos encantos. Quando vem do Oriente, então… Mas o fato é que o “Gemba”, enquanto metodologia que preconiza ir ao lugar dos fatos, tem realmente valor. Mas, creio que muitos de nós, gestores brasileiros, já tínhamos esta visão, cristalizada em uma versão gerente “ogro”: TBC, ou seja, Tira a Bunda da Cadeira.

Sabemos que a maioria dos problemas de uma organização, de um projeto, são decorrentes de problemas de comunicação. Quando alguém reporta um problema ao gerente, ou quando este recebe um e-mail relatando um problema na produção, na fábrica, este pode redigir uma orientação, uma recomendação, dar uma ordem. Porém, a visão que este gestor tem do problema é aquilo que lhe foi reportado. E nada substitui a visão pessoal, “in loco”, do problema.

Gemba, e o TBC: importância

Gemba

Go to Gemba

A presença do gestor na área, no chão de fábrica, é fundamental para o melhor entendimento do problema. Permitirá uma maior clareza nas ações.

Além disto, a presença do gestor no chão de fábrica estimula os colaboradores, que podem vê-lo de perto, e não como um ser inatingível. Isto lhe dá maior autoridade, não no sentido imperativo, mas no sentido da persuasão e do convencimento.

Para muitas outras funções, a presença na área é fundamental. Já mencionei em outro artigo, Planejar não é pilotar o Project, que é necessário conhecer o campo, conhecer a área de construção e montagem para melhor planejar. Conhecer os equipamentos é uma forma de melhor estimar prazos e recursos, e envolver os executantes nesta avaliação é uma forma de obter o comprometimento pelo cumprimento dos prazos. Obras planejadas no conforto do ar condicionado geram as famosas palavras dos colaboradores na frente de obra: “papel aceita tudo”.

Gemba, e o TBC: implementação

Encontra-se na literatura algumas recomendações sobre a implantação do Gemba: estipular metas, colocar como item de avaliação, fazer recomendações.

No entanto, para uma efetiva implantação desta metodologia (mais que metodologia, um jeito de ser e agir), nada melhor do que Liderar pelo Exemplo. Esteja frequentemente, inopinadamente, na frente de serviços: se estabelecerá uma relação mais cordial, a produtividade melhora, problemas são resolvidos mais rapidamente, e até pequenas melhorias (Kaizen) que não seriam identificadas sem a ida ao campo serão introduzidas.

E o exemplo realmente impulsiona: nada para fazer um gerente médio ir ao campo mais frequentemente quando ele souber que seu gerente imediato esteve lá muito mais vezes que ele. E se este gerente imediato lhe fizer uma pergunta cuja resposta dependa de uma visita ao campo, estará em maus lençóis. Aí, rapidamente funciona o TBC!

A cada semana, publicamos novos artigos aqui no Blogtek, sobre Gerenciamento de Projetos, Gestão da Manutenção, e tópicos sobre Liderança e Gestão. Também semanalmente publicamos um vídeo, os quais podem ser acessados em youtube.com/c/Blogtek. Para manter-se informado sobre os próximos artigos, cadastre seu e-mail em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

 

Incoming search terms:

  • ir ao gemba

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.

Stonner

Rodolfo Stonner, Engenheiro Mecânico pela UFRJ, atuou como Engenheiro de Equipamentos Sênior da Petrobras, e foi Gerente de Construção e Montagem das Obras Extramuros da Refinaria Abreu e Lima (RNEST), em Pernambuco. Atualmente aposentado, é consultor e instrutor nas áreas de Gerenciamento de Projetos e Gestão da Manutenção, e está atuando com a Deloitte na implantação do PMO para a Refinaria de Talara, Peru. Gosta de lecionar, trocar experiências e conhecimentos, é certificado como PMP (Project Management Professional) e RMP (Risk Management Professional) pelo PMI, e CRE (Certified Reliability Engineer) pela ASQ.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

  • Bhruno Nalin

    Excelente conteúdo.

Publicidade

Liderança e Gestão

Quatro princípios da mudança – John Kotter

Comente Stonner 17.12.18
Gerenciamento de Projetos

Aversão à perda – como impacta a gestão?

Comente Stonner 10.12.18
Gerenciamento de Projetos

Inteligência Cultural – fundamental no ambiente globalizado

Comente Stonner 03.12.18
Gerenciamento de Projetos

Análise forense de cronogramas

Comente Stonner 26.11.18
Gerenciamento de Projetos

Fluxo de caixa, EAP e curva de avanço financeiro

Comente Stonner 19.11.18

Gerenciamento de Projetos

MS-Project – Dicas e Pegadinhas (Tips & Tricks)

85 Comentários Stonner 28.04.13
Liderança e Gestão

Seis regras testadas para vencer discussões (Les Giblin)

63 Comentários Stonner 01.12.14
Gestão da Manutenção

O Planejamento de uma Parada de Manutenção – Parte 1

61 Comentários Stonner 05.05.13
Atualidades

O que o biquíni esconde e o custo das novas refinarias…

56 Comentários Stonner 17.04.13
Gerenciamento de Projetos

Metodologia FEL – Método dos Portões

45 Comentários Stonner 17.02.13

Bem-vindo ao novo

Blogtek

Seja notificado sempre que um novo conteúdo estiver disponível.

Não se preocupe, não temos prática de enviar spam.
© 2013 - 2018 Blogtek.