Gerenciamento de Projetos, Liderança e Gestão

6 Comentários 04.05.14 4851 Vizualizações Imprimir Enviar
A decisão num piscar de olhos

A decisão em um piscar de olhos (Blink) – este é o título de um dos mais recentes livros de Malcolm Gladwell (na realidade, há um  mais recente, David and Goliath, ainda sem tradução para o Português, o qual não teve aceitação muito boa pela crítica). Acabei de lê-lo, e seguem aqui alguns comentários.  Se você quiser ser notificado dos próximos artigos, cadastre seu e-mail aqui ao lado, em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

A decisão num piscar de olhos – Malcolm Gladwell, o autor

gladwell-4Confesso que sou um admirador da obra de Malcolm Gladwell, autor de livros tais como “O Ponto da Virada”, “Fora de série”, “O que se passa na cabeça dos cachorros”, entre outros. Sabedor de que é um jornalista britânico, sempre me veio à mente a imagem de um sisudo cavalheiro inglês, algo como Sir Lawrence Olivier, ou quiçá, Alfred Hitchcock.. até que Google Images me mostrou um despreocupado e simpático descendente de família Jamaicana.

Isto já me deu uma evidência de alguns tópicos abordados em “Blink: a decisão num piscar de olhos”: o fato de em nossas decisões já carregarmos uma imensa carga de modelos mentais.

 

A decisão num piscar de olhos – novos aspectos

ID-100144770O título do livro me causou preocupação, e me levou, entre outros motivos, a adquiri-lo. Afinal, aqui no Blogtek já publiquei diversos artigos sobre o processo decisório: “Árvore de decisão”, “Analytical Hierarchy Process – AHP” e, mais recentemente, “O método Mudge”.

Seria necessário publicar uma radical revisão dos artigos?

Como Gerente de Projetos, reconheço a imensa importância do correto processo decisório – então, abandonamos estes processos e vamos nos basear nas decisões instantâneas?

A decisão num piscar de olhos – sempre?

ID-10023378Um dos grandes méritos que vejo em Malcolm Gladwell é o tratamento que dá à imensa quantidade de dados que subsidiam suas análises. Também surpreende a capacidade de garimpar e encontrar dados.

A base do livro de Gladwell se baseia no que ele chama de “fatiar fino”: treinar, e usar algumas técnicas desenvolvidas por diversos psicólogos e cientistas sociais, para, em detrimento de uma análise aprofundada e cuidadosa, basearmos nossas decisões nas percepções mais imediatas e fugazes, em questão de segundos.

Felizmente, ao terminar a leitura, pude constatar que este processo é mais aplicável às decisões que envolvem principalmente análises da natureza humana. O que é compreensível. A intuição, muitas vezes tida como algo que beira o sobrenatural, na realidade consiste de uma leitura e identificação de detalhes quase imperceptíveis. Por isto, algumas pessoas (eu diria, empiricamente, principalmente do sexo feminino) tem uma forte intuição e percepção. Outras pessoas tem uma boa percepção de processos estruturados (eu pertenço a este time, minha esposa ao primeiro…eis porque muitas vezes recorro ao seu olhar crítico para me subsidiar em uma decisão envolvendo o fator humano).

A decisão num piscar de olhos

ID-10033697Como conclusão, diria que para processos estruturados, tais como buscar a melhor alternativa para um projeto, decidir um método construtivo em uma Obra, avaliar um investimento de longo prazo, os processos decisórios habituais ainda prevalecem.

Não obstante, estes processos são relativamente demorados, e, em certas circunstâncias, no atual panorama de negócios, com obsolescências precoces, tenhamos que investir na agilidade, talvez em prejuízo do detalhamento.

Porém, em situações que envolvem a avaliação do fator humano, mesmo que você não tenha a habilidade do “fatiar fino” (e é difícil adquiri-la, muitas vezes aqueles que tem esta habilidade não sabe sequer expressar o por quê de uma opinião ou avaliação…apenas o “sentem”), fique ligado se alguém de sua equipe, de sua confiança levantar uma objeção, ainda que expressa de forma subjetiva: pode haver algo que você não percebeu!!!

Breve, publicaremos outros artigos sobre processos decisórios. Se você quiser ser notificado dos próximos artigos, cadastre seu e-mail aqui ao lado, em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

Incoming search terms:

  • a decisao num piscar de olhos
  • fatiar fino
  • blink decisão piscar olhos conclusao
  • blogtek David
  • decisão num piscar de olhos
  • O tempo de evolucao de processos do pisacar dos olhos
  • O tempo de evolucao de processos do piscar dos olhos
  • pisca n cabeca do inimigo
  • Piscar sopar

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.
Stonner

Rodolfo Stonner, Engenheiro Mecânico pela UFRJ, atuou como Engenheiro de Equipamentos Sênior da Petrobras, e foi Gerente de Construção e Montagem das Obras Extramuros da Refinaria Abreu e Lima (RNEST), em Pernambuco. Atualmente aposentado, é consultor e instrutor nas áreas de Gerenciamento de Projetos e Gestão da Manutenção, e está atuando com a Deloitte na implantação do PMO para a Refinaria de Talara, Peru. Gosta de lecionar, trocar experiências e conhecimentos, é certificado como PMP (Project Management Professional) e RMP (Risk Management Professional) pelo PMI, e CRE (Certified Reliability Engineer) pela ASQ.

Newsletter

Seja notificado sempre que um novo conteúdo estiver disponível.

Não se preocupe, não temos prática de enviar spam.