Gerenciamento de Projetos

Comente 25.02.19 1034 Vizualizações Imprimir Enviar
Acompanhamento do cronograma – linhas de progresso

Acompanhamento do cronograma – já tive oportunidade de mencionar aqui, no artigo “Cronograma – via de mão dupla”, que cronogramas não são para enfeitar a parede. É necessário acompanhar, manter atualizado, tomar ações corretivas, monitorar o avanço. Neste artigo, vamos ver algumas maneiras de fazer o acompanhamento de um cronograma.Se você quiser ser notificado dos próximos artigos, cadastre seu e-mail aqui ao lado, em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

Acompanhamento do cronograma – linha de base

Ao planejar uma obra, um projeto, a sequência deve ser:

  • Identificar as atividades (a Estrutura Analítica do Projeto auxilia a visualizar os pacotes de trabalho);
  • Estimar prazos e recursos;
  • Estabelecer as dependências entre as atividades.

Desta forma, teremos um cronograma com o seguinte aspecto:

Acompanhamento do cronograma

Acompanhamento do cronograma – overview do projeto

Na sequência, devemos verificar como está a distribuição de recursos, pode ser necessário o nivelamento de recursos. Uma vez nivelados os recursos, gera-se a curva de avanço físico planejado, que é uma importante forma de acompanhar a Obra.

Acompanhamento do cronograma

Acompanhamento do cronograma – curva de avanço

Como sabemos que nenhum projeto é executado exatamente conforme planejado, para poder analisar os desvios e criar lições aprendidas, é interessante salvar a Linha de Base do projeto:

Acompanhamento do cronograma

Acompanhamento do cronograma – linha de base

Acompanhamento do cronograma – previsto x realizado

À medida que o projeto evolui, de tempos em tempos se faz a atualização do cronograma. A periodicidade desta atualização é em função do prazo do projeto. Para paradas de manutenção, as quais duram dias (tipicamente de 20 a 45 dias, dependendo da planta), a atualização é diária, ou até mesmo, a cada turno de trabalho.

Em projetos grandes, com duração de meses e anos, a frequência de atualização pode ser semanal ou mesmo mensal.

Ao lançarmos o avanço das atividades, nosso cronograma teria o seguinte aspecto:

Acompanhamento do cronograma

Acompanhamento do cronograma – projeto em andamento

Observe que algumas atividades têm avanço antes da conclusão de suas predecessoras. Isto é um erro. Na realidade, há dependências mandatórias (tais como montar um acesso antes de executar um serviço no pipe-rack), e outras não mandatórias (leia mais aqui).

Os softwares (por exemplo, Primavera e Project) permitem que se dê avanço em atividades antes da conclusão das predecessoras. Ou seja, considera que as dependências sejam não mandatórias. Há a possibilidade de tornar as dependências mandatórias (no Primavera, “Retain Logic”, no Project “Keep Project links”). Infelizmente, isto se aplica a todas as atividades, não há como definir algumas como sendo mandatórias, outras não.

Vale aí a experiência do planejador, que deve ter domínio sobre o software, porém também deve conhecer tecnicamente as atividades. Leia mais em “Planejar não é pilotar o Project”.

Observe ainda que a figura acima registra o avanço nas atividades como elas estão no status atual. Estas atividades podem já ter sido reprogramadas, em função de eventos anteriores. Se quisermos efetivamente visualizar os desvios em relação ao planejamento inicial (previsto x realizado), usamos a visão Cronograma de Acompanhamento (Tracking Gantt):

Acompanhamento do cronograma

Acompanhamento do cronograma – comparação com baseline

Acompanhamento do cronograma – linhas de progresso

A visão Previsto x Realizado pode ser difícil de entender, dependendo do público. É, sem dúvida, importante para o planejador, que deve avaliar no detalhe o que está ocorrendo. Porém, muitas vezes é conveniente apresenta a Curva de Avanço Previsto x Realizado:

Acompanhamento do cronograma

Acompanhamento do cronograma – curva previsto x realizado

Ou então, inserir no cronograma as linhas de avanço, ou linhas de andamento, ou linhas de progresso.

Estas linhas são linhas verticais, traçadas na data atual, ou data de status, desviando-se para assinalar as atividades em atraso, como mostra o cronograma abaixo:

Acompanhamento do cronograma

Acompanhamento do cronograma – linhas de progresso

A cada semana, publicamos novos artigos aqui no Blogtek, sobre Gerenciamento de Projetos, Gestão da Manutenção, e tópicos sobre Liderança e Gestão. Também semanalmente publicamos um vídeo, os quais podem ser acessados em youtube.com/c/Blogtek. Para manter-se informado sobre os próximos artigos, cadastre seu e-mail em Assine o Blogtek!SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

Incoming search terms:

  • acompanhamento cronograma pela duração
  • acompanhamento linha
  • cronograma previsto realizado

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.
Stonner

Rodolfo Stonner, Engenheiro Mecânico pela UFRJ, atuou como Engenheiro de Equipamentos Sênior da Petrobras, e foi Gerente de Construção e Montagem das Obras Extramuros da Refinaria Abreu e Lima (RNEST), em Pernambuco. Atualmente aposentado, é consultor e instrutor nas áreas de Gerenciamento de Projetos e Gestão da Manutenção, e está atuando com a Deloitte na implantação do PMO para a Refinaria de Talara, Peru. Gosta de lecionar, trocar experiências e conhecimentos, é certificado como PMP (Project Management Professional) e RMP (Risk Management Professional) pelo PMI, e CRE (Certified Reliability Engineer) pela ASQ.

Newsletter

Seja notificado sempre que um novo conteúdo estiver disponível.

Não se preocupe, não temos prática de enviar spam.