Gerenciamento de Projetos

27 Comentários 06.10.13 13474 Vizualizações Imprimir Enviar
A Curva de Avanço

A Curva de Avanço (físico ou financeira) é uma ferramenta de planejamento muito prática e usual, pois permite em uma rápida análise identificar o status e tendências do Projeto. Como é construída a Curva de Avanço? Os softwares de planejamento podem gerá-la, mas é sempre importante para o Profissional de Planejamento conhecer o processo. Se quiser ser notificado sobre novos artigos do Blogtek, cadastre seu e-mail aqui ao lado, em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

Curva de Avanço – começando pelo diagrama de precedências

Temos a seguir um projeto hipotético, representado através de sua rede de precedências, a qual mostra como estão conectadas e interdependentes as atividades. Dentro de cada retângulo que representa as atividades, temos as durações e os recursos empregados.

Curva de avanço - o diagrama de rede

Curva de avanço – o diagrama de rede

A seguir, mostramos o cálculo das datas mais cedo e mais tarde, conforme já foi mostrado aqui em artigo anterior – Datas mais cedo e mais tarde. Desta maneira, identificamos o caminho crítico.

Curva de Avanço - o diagrama com as datas mais cedo

Curva de Avanço – o diagrama com as datas mais cedo

 

Curva de Avanço - o diagrama de rede com as datas mais cedo e mais tarde

Curva de Avanço – o diagrama de rede com as datas mais cedo e mais tarde

Curva de Avanço – construindo o cronograma

A partir das datas mais cedo, constrói-se o cronograma, como se vê a seguir:

O Cronograma no mais cedo

O Cronograma no mais cedo

Poderíamos fazer o nivelamento de recursos, mas não é este o foco deste post. Se quiser conhecer o assunto, leia o artigo O conceito de Nivelamento.

Curva de Avanço – alocando os recursos

Na figura seguinte, temos os recursos utilizados em cada atividade:

Os recursos utilizados em cada atividade

Os recursos utilizados em cada atividade

A seguir, vamos calcular, para cada atividade, quantos homens-hora estão sendo utilizados em cada período (observe que os períodos considerados são de 2 horas, ou de 2 unidades de tempo):

Curva de Avanço - Hh por período, e acumulado

Curva de Avanço – Hh por período, e acumulado

Totalizando os homens-hora a cada período, temos os dados que necessitamos para construir a Curva de Avanço, que consiste no avanço acumulado do trabalho, resultando nesta curva:

A Curva de Avanço físico

A Curva de Avanço físico

A curva de avanço poderia ser construída utilizando total de homens-hora ou percentual de avanço.

Pode-se também construir a Curva de Avanço a partir de um Cronograma baseado na EAP (Estrutura Analítica de Projeto).

Curva de Avanço – uma observação importante

Ao fazer o acompanhamento, ou seja, registrando o que está ocorrendo durante a execução do projeto, é importante NÃO confundir consumo de  Homens-hora com Avanço Físico.

Observe que se uma atividade estava prevista para consumir 40 Hh, se a equipe alocada a esta atividade não apresentar boa produtividade, esta atividade poderá consumir 60 Hh…e este consumo de Hh NÃO significa maior avanço. Pelo contrário, reflete a improdutividade da equipe…

Por isto, prefiro trabalhar na forma de percentual.

De forma análoga, alocando-se os custos de cada atividade, construiríamos a Curva de Avanço Financeiro.

Este exemplo de Curva de Avanço foi construído a partir do diagrama de precedências, que levou à construção do cronograma baseado nas datas. Há alguns serviços (por exemplo, manutenção e montagem de itens de tubulação, serviços de pintura, serviços de isolamento, terraplenagem…) onde muitas atividades não tem precedência. Podem ter diferentes prioridades, porém terraplenar a área 5 geralmente não depende de terraplenar a Área 4, assim como a substituição de uma válvula gaveta em uma tubulação usualmente não tem relação de dependência com a calibração de um suporte de mola.

Para estes tipos de serviços, em que não há rede de precedências, a curva de avanço é construída a partir de um modelo matemático. É a chamada Curva de Avanço Padrão. Breve publicaremos um artigo sobre o assunto. Se quiser ser notificado sobre novos artigos do Blogtek, cadastre seu e-mail aqui ao lado, em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

Incoming search terms:

  • cronograma mais cedo e mais tarde
  • wbs diagrama de rede
  • diferenca entre o percentual de avanço financeiiiro e fisico da obra
  • avanço fisico
  • como descubrir o avanso de uma curva
  • como fazer um curva s cedo e tarde no project 2013
  • como saber o avanco de uma curva
  • curva de avanço
  • curva de avanço data inicio e data final
  • curva de avanço econômico

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.
Stonner

Rodolfo Stonner, Engenheiro Mecânico pela UFRJ, atuou como Engenheiro de Equipamentos Sênior da Petrobras, e foi Gerente de Construção e Montagem das Obras Extramuros da Refinaria Abreu e Lima (RNEST), em Pernambuco. Atualmente aposentado, é consultor e instrutor nas áreas de Gerenciamento de Projetos e Gestão da Manutenção, e está atuando com a Deloitte na implantação do PMO para a Refinaria de Talara, Peru. Gosta de lecionar, trocar experiências e conhecimentos, é certificado como PMP (Project Management Professional) e RMP (Risk Management Professional) pelo PMI, e CRE (Certified Reliability Engineer) pela ASQ.

Newsletter

Seja notificado sempre que um novo conteúdo estiver disponível.

Não se preocupe, não temos prática de enviar spam.