Gerenciamento de Projetos

Comente 18.11.19 494 Vizualizações Imprimir Enviar
A Comunicação e a Manipulação Cognitiva

A Comunicação e a Manipulação Cognitiva – é fato notório e bem conhecido que 90% do tempo do gerente de projetos é gasto em Comunicação. Já publicamos diversos artigos sobre o tema: Saber ouvir significa melhor comunicação; Os 7C da Comunicação; Ruídos na comunicação em projetos: preconceito. Na realidade, este dito se aplica a qualquer gerente, e mais, nos dias atuais, a Comunicação está presente em todas as camadas da sociedade, e influencia fortemente os destinos das pessoas, famílias, grupos, países e sociedade. Então, é preciso conhecer e distinguir dois aspectos da Comunicação: a Persuasão e a Manipulação Cognitiva. Se você quiser ser notificado dos próximos artigos, cadastre seu e-mail aqui ao lado, em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

A Comunicação e a Manipulação Cognitiva – Retórica

Algumas definições, para que melhor se entenda o problema.

Um dos maiores estudiosos do tema é o francês Philippe Breton, em seu livro “A Manipulação da Palavra”. Neste livro, Breton menciona o desejo de não limitar o estudo da manipulação da palavra ao campo de interesse exclusivamente linguístico, aprofundando sua análise às consequências que tal manipulação traz à credibilidade do regime democrático e ao comportamento humano, quiçá se não a maior responsável pelo enclausuramento egoísta do homem de nossos dias.

Retórica é a aptidão de considerar o que pode ser adequado para persuadir. Habitualmente, significa tanto a arte da persuasão como a disciplina que exerce sobre essa arte. É definida, também, como arte da palavra ou arte de bem falar. 

A Comunicação e a Manipulação Cognitiva – Persuasão (bom uso da retórica)

A persuasão (persuadir, convencer) visa operar uma mudança no comportamento do ouvinte ou da plateia; busca levar em conta os legítimos interesses dos envolvidos, tendo em vista a procura da verdade; utiliza estratégias que validam o convencimento – ênfase nas razões; e principalmente, os ouvintes aderem livremente à tese do argumentador.

A Comunicação e a Manipulação Cognitiva – Manipulação (mau uso da retórica)

A Manipulação também busca uma mudança no comportamento da plateia. Nisto, se assemelha à Persuasão. Não obstante, não tem a intenção de respeitar os interesses dos ouvintes, não aceitando opiniões nem críticas vindas dos ouvintes (onde se lê ouvintes, obviamente podem ser os leitores de uma página na Internet, de um grupo do WhatsApp – e a Internet é bidirecional em tese, porque manifestações individuais têm muito pouco eco contra informações massivas); utiliza estratégias que têm por base a sedução e a sugestão, buscando o controle das emoções do ouvinte; mensagem imposta, não havendo liberdade na adesão por parte do auditório à tese do orador; é uma forma de persuasão intelectualmente desonesta.

Philippe Breton menciona que “Manipular consiste em paralisar o juízo e em tudo fazer para que o receptor abra ele próprio a sua porta mental a um conteúdo que de outro modo não aprovaria”.

A Comunicação e a Manipulação Cognitiva – o que tem a Gerência de Projetos a ver?

Fosse apenas pelos efeitos do convencimento, a dirigir uma massa sem propósito, não faria diferença. Não obstante, como o desejo do gestor não é apenas convencer sua equipe, seus liderados, e sim, obter sua adesão, seu entusiasmo (evitemos a palavra cumplicidade – a palavra pode levantar dubiedade), é importante que o Gestor use as técnicas de PERSUASÃO, e não de Manipulação Cognitiva.

Manipulação Cognitiva x Persuasão

A cada semana, publicamos novos artigos aqui no Blogtek, sobre Gerenciamento de Projetos, Gestão da Manutenção, e tópicos sobre Liderança e Gestão. Também semanalmente publicamos um vídeo, os quais podem ser acessados em youtube.com/c/Blogtek.  Se você quiser ser notificado dos próximos artigos, cadastre seu e-mail aqui ao lado, em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

Incoming search terms:

  • o ciclo de vida da câmera fotografica

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.
Stonner

Rodolfo Stonner, Engenheiro Mecânico pela UFRJ, atuou como Engenheiro de Equipamentos Sênior da Petrobras, e foi Gerente de Construção e Montagem das Obras Extramuros da Refinaria Abreu e Lima (RNEST), em Pernambuco. Atualmente aposentado, é consultor e instrutor nas áreas de Gerenciamento de Projetos e Gestão da Manutenção, e está atuando com a Deloitte na implantação do PMO para a Refinaria de Talara, Peru. Gosta de lecionar, trocar experiências e conhecimentos, é certificado como PMP (Project Management Professional) e RMP (Risk Management Professional) pelo PMI, e CRE (Certified Reliability Engineer) pela ASQ.

Newsletter

Seja notificado sempre que um novo conteúdo estiver disponível.

Não se preocupe, não temos prática de enviar spam.