Menu

VIP – Engenharia do Valor

Stonner Comente 08.03.16 1113 Vizualizações Imprimir Enviar

VIP – Engenharia do Valor: já abordamos aqui no Blogtek o que são as VIP’s (Value Improvement Practices), destacando algumas delas, tais como Construtibilidade, Minimização de Resíduos, Simplificação de Processos, Customização de Normas e especificações, Parada de Manutenção. Hoje iremos abordar uma importante VIP, principalmente para megaprojetos. Alguns autores a denominam “Engenharia de Valor”, preferimos a denominação “Engenharia do Valor”, por motivos análogos ao que leva ser preferível o termo “Controle da Qualidade”, em detrimento do termo “Controle de Qualidade”. Se você quiser ser notificado dos próximos artigos, cadastre seu e-mail aqui ao lado, em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.

VIP – Engenharia do Valor: conceitos

VIP - Engenharia do Valor: Lawrence Miles

VIP – Engenharia do Valor: Lawrence Miles

Conquanto sejam utilizadas as mesmas ferramentas, o termo Engenharia do Valor difere do termo Análise do Valor, porque a primeira busca reduzir custos ou evitar custos desnecessários ainda na fase de construção e montagem, enquanto a segunda é aplicável ao produto. Atualmente, há uma tendência em ser utilizado o termo Gerenciamento do Valor.

A Engenharia do Valor foi desenvolvida ao final dos anos 40, por Lawrence D. Miles, que trabalhava no departamento de compras da General Electric. O trabalho foi uma sistematização dos processos, ideias e recursos inovadores informalmente utilizados pelas empresas de fornecimento de produtos bélicos durante a Segunda Guerra Mundial, apesar da escassez e falta de produtos e insumos neste período.

A ideia central da Engenharia do Valor foi expressa por Miles como “Todo custo é para a função”, portanto, descartando todos os custos não requeridos para a função.

E o que é a função? Miles preconizava que tudo que o cliente deseja é a função, a qual pode ser uma função de utilização (desenvolver uma ação sob certos requisitos, dentro de limites especificados – critérios objetivos), ou uma função estética(um aspecto, aroma, sabor, cor, material específico, que dê ao cliente uma satisfação – critérios subjetivos).

Em 1961, Lawrence D. Miles publicou o livro “Técnicas de engenharia e análise do valor”, o qual teve sua terceira edição publicada em 1989, após sua morte, em 1985. Sua viúva autorizou que os originais fossem escaneados e disponibilizados ao público, e este material pode ser acessado em: http://wendt.library.wisc.edu/miles/milesbook.html

VIP – Engenharia do Valor: definindo valor

Valor é a relação entre a satisfação das necessidades e os recursos utilizados para obter este grau de satisfação.

Matematicamente, podemos visualizar como:

VIP – Engenharia do Valor: definição do valor

Conforme esta visão matemática, podemos ver diferentes abordagens para aumentar o valor:

VIP – Engenharia do Valor: aumento do valor

VIP – Engenharia do Valor: aplicação em projetos

Temos visto aqui no Blogtek diversos artigos sobre projetos mal sucedidos. De maneira geral, as características são:

– Não atendem ao escopo (valor desejado pelo cliente)

– Custos elevados de manutenção

– Custos e prazos excedidos

E as razões mais frequentes pra a ocorrência destes desvios são:

– Objetivos e metas mal definidos

– Planejamento deficiente

– Falta de patrocínio ou envolvimento adequado dos “stakeholders” (partes interessadas)

– Falhas na comunicação

Conforme o PMBoK Guide, as VIP’s, notadamente a Engenharia do Valor, são processos que permitem otimizar os custos do ciclo de vida do projeto, reduzir prazos, aumentar lucros, melhorar a qualidade, e utilizar os recursos de forma mais efetiva.

De acordo com dados do Independent Project Analysis (IPA), cerca de 22% dos grandes projetos industriais utilizam a VIP – Engenharia do Valor, a qual tem permitido em média uma redução de 5% nos custos do projeto, e ganho de 9% no prazo do projeto.

Neste artigo foi feita apenas uma abordagem conceitual desta VIP. Em próximos artigos iremos mostrar como operacionalizar a VIP – Engenharia do Valor.

Estamos sempre publicando artigos sobre Liderança e Gestão, Gerenciamento de Projetos e Gestão da Manutenção. Para manter-se informado sobre os próximos artigos, cadastre seu e-mail em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

 

Incoming search terms:

  • vip pmi

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.

Stonner

Rodolfo Stonner, Engenheiro Mecânico pela UFRJ, atuou como Engenheiro de Equipamentos Sênior da Petrobras, e foi Gerente de Construção e Montagem das Obras Extramuros da Refinaria Abreu e Lima (RNEST), em Pernambuco. Atualmente aposentado, é consultor e instrutor nas áreas de Gerenciamento de Projetos e Gestão da Manutenção, e está atuando com a Deloitte na implantação do PMO para a Refinaria de Talara, Peru. Gosta de lecionar, trocar experiências e conhecimentos, é certificado como PMP (Project Management Professional) e RMP (Risk Management Professional) pelo PMI, e CRE (Certified Reliability Engineer) pela ASQ.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade

Gerenciamento de Projetos

Síndrome do estudante – procrastinação

Comente Stonner 20.11.17
Liderança e Gestão

Planejamento de cenários – estratégia na incerteza

Comente Stonner 13.11.17
Gerenciamento de Projetos

O projeto como parte do negócio – PMBOK Guide sexta edição

Comente Stonner 06.11.17
Gerenciamento de Projetos

Lei de Parkinson – expansibilidade do trabalho

1 Comentário Stonner 30.10.17
Gerenciamento de Projetos

Joint Confidence Level (JCL) – análise simultânea de custo e prazo

2 Comentários Stonner 23.10.17

Gerenciamento de Projetos

MS-Project – Dicas e Pegadinhas (Tips & Tricks)

83 Comentários Stonner 28.04.13
Liderança e Gestão

Seis regras testadas para vencer discussões (Les Giblin)

61 Comentários Stonner 01.12.14
Gestão da Manutenção

O Planejamento de uma Parada de Manutenção – Parte 1

61 Comentários Stonner 05.05.13
Atualidades

O que o biquíni esconde e o custo das novas refinarias…

56 Comentários Stonner 17.04.13
Gerenciamento de Projetos

Metodologia FEL – Método dos Portões

44 Comentários Stonner 17.02.13

Bem-vindo ao novo

Blogtek

Seja notificado sempre que um novo conteúdo estiver disponível.

Loading...Loading...
Não se preocupe, não temos prática de enviar spam.
© 2013 - 2017 Blogtek.