Menu

Válvulas Industriais

Osmar Leite 25 Comentários 22.06.15 3397 Vizualizações Imprimir Enviar

Hoje temos o prazer de apresentar nosso dileto colega Osmar Leite, referência no Brasil e no exterior quando se trata de Válvulas Industriais. Osmar nos contemplará com uma série de artigos sobre este vasto assunto, de sua especialidade. Se você quiser ser notificado dos próximos artigos, cadastre seu e-mail aqui ao lado, em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.

 

 

Válvulas Industriais – apresentação do autor

Antes mesmo da minha apresentação como novo colaborador  deste conceituado Blog, agradeço o gentil convite do colega Rodolfo Stonner e inicio nesta edição um dialogo com você, leitor do blogtek.com.br. Falo em diálogo porque temos o interesse em manter um canal aberto, direcionado, inclusive, à abordagem dos temas segundo as sugestões que  eu venha a receber.

O tema principal que abordarei aqui está explicitado no título desta coluna : são conceitos, novidades tecnológicas, e , principalmente , as melhores práticas empregadas para a garantia da confiabilidade e segurança operacional destes equipamentos.

Apresentando-me: Sou Consultor Especialista da Petrobras e autor do livro Válvulas Industriais, editado através do Programa de Editoração de Livros Didáticos da Petrobras (PELD) em primeira edição em 2009, o mesmo esgotou neste mesmo ano sendo lançada em 2010 uma 2ª edição ampliada.

Funcionário da Petrobras há 30 anos atuando na área de Manutenção, Planejamento, Projetos e Paradas tanto em refinarias, Plataformas e usinas de Biocombustível da Petrobras.

Como instrutor convidado da Universidade Petrobras, desenvolvi para esta instituição os seguintes cursos: Válvulas Industriais e Manutenção; Inspeção e Dimensionamento de Válvulas de Segurança, também  Instrutor em outros cursos de formação técnica no âmbito da Petrobras, assim como em outras instituições.

Agraciado com três Prêmios Inventores da Petrobras, pelo desenvolvimento de métodos e equipamentos inovadores, projetos estes que foram patenteados pela Petrobras no Brasil e no exterior em 2004,2007 e 2009.

Atuei no Planejamento e acompanhamento de Paradas Manutenção no exterior ( Turnarounds ) nas Refinarias:

  1. ERG ; Energia Ricardo Garrone na cidade de Siracusa,  Itália .
  2. PRSI Pasadena Refinery System, Inc. Houston/TX, U.S.A.

Com diversos artigos técnicos publicados em revistas relacionados à sua especialidade.

Vários trabalhos selecionados e premiados em alguns dos maiores Congressos e Seminários realizados no Brasil, sendo o primeiro profissional da PETROBRAS a ter um trabalho selecionado e apresentado no Valve World Asia Conference e Exhibition, realizado em outubro de 2007 em Xangai (China).

Auditor Especialista  do Programa de Garantia da Qualidade dos Materiais e Serviços Associados (PGQMSA) da PETROBRAS, com auditorias no exterior em fábricas na Itália , China, Rússia, Inglaterra e Estados Unidos.

Há muitos anos prestando apoio e consulta técnica no âmbito de toda a Companhia na área da Manutenção e Inspeção e suporte técnico em Engenharia  de Manutenção.

Válvulas Industriais – introdução

As válvulas são equipamentos  destinados a estabelecer, controlar e/ou interromper o fluxo de fluidos, amplamente utilizadas em todos os processos industriais.

Existe uma grande quantidade de modelos de válvulas para os mais diferentes tipos de aplicação, esta grande variedade pode confundir os profissionais de engenharia no momento da especificação do modelo mais adequado e mesmo durante a manutenção destes equipamentos, criando condições para uma futura perda de produção e acidentes, muitas vezes fatais.

Válvulas Industriais - válvula gaveta

Válvulas Industriais – válvula gaveta

As válvulas representam, em média, cerca de 12 % do custo total de uma instalação industrial e, dependendo do processo, como exemplo a indústria de petróleo e gás, chegam a significar de 20 a 30% dos custos de tubulação.

Como parâmetro  numérico, gostaria de dar dois exemplos que traduzem a importância deste equipamento, sendo que em muitas ocasiões basta apenas uma válvula falhar para comprometer toda uma cadeia de produção industrial.

Em uma plataforma de petróleo que produz em média 180.000 barris/dia,   possui aproximadamente 12.000 válvulas. Refinarias de petróleo de média capacidade possuem entre 80.000 e 95.000.

 Válvulas Industriais – A história da Norma NBR-15827- Uma Revolução Brasileira.

A PETROBRAS tem desenvolvido muitas ações na área de válvulas e acessórios de tubulação com o objetivo de melhorar a confiabilidade de suas instalações industriais e facilitar as relações técnicas e comerciais com seus fornecedores e prestadores de serviço de projeto, manutenção e inspeção de válvulas. Estas ações têm beneficiado todo o mercado nacional.

A partir de 2003, em função do grande número de novos empreendimentos na Petrobras, a área de Materiais  promoveu um evento denominado Fórum de Válvulas, que reuniu os principais grupos de interesse por válvulas dentro da companhia.

Nesse  evento, foram discutidos e identificados os principais problemas relativos a válvulas e sugeridas diversas ações para solucionar os problemas apresentados.

Um dos principais aspectos foi relativo às descrições técnicas das válvulas nas ordens de compra, que, devido a uma falta de padronização, dificultava muito as compras de maiores lotes de válvulas.

Para atacar esse aspecto de normalização foi criado o Programa de Engenharia de Padronização de Materiais (PEPM) que teve o objetivo de padronizar os grupos de materiais na Petrobras e a família escolhida para iniciar esse programa foi a de Materiais de Tubulação, que contempla as válvulas industriais.

Dentro do PEPM foi revisada a norma de Materiais de Tubulação da Petrobras N-76 e foi criada a norma de Válvulas Industriais N-2668, que identificou explicitamente os descritivos de compra de todas as principais válvulas utilizadas pelos serviços, fluidos, nos diversos materiais e classes de pressão utilizados na norma N-76.

Válvulas Industriais - autor em Xangai

Válvulas Industriais – autor em Xangai

A área de Materiais faz uma atividade de auditoria nos fabricantes de válvulas, no PGQMSA – Programa de Garantia de Qualidade de Materiais e Serviços Associados, avaliando os fabricantes nos aspectos de gestão de fabricação e identificou que faltava avaliar os fabricantes do ponto de vista de Engenharia de Produto.

Após a ocorrência de algumas falhas importantes de válvulas, que causaram prejuí­zos na Petrobras, e a observação dos grupos de inspeção nos fabricantes, constatou-se que faltava uma maneira de avaliar o produto válvula de modo a aferir a confia­bilidade desse tipo de equipamento em operação.

Para suprir essa necessidade, a área de Materiais, em conjunto com as demais áreas de Negócio da Petrobras, constituiu um Grupo de Trabalho (GT) para elaborar uma Espe­cificação Técnica de avaliação de projeto de válvulas.

Desse Grupo de Trabalho surgiu a proposta da norma Petrobras N-2827 denominada Homologação e Validação de Projeto de Válvulas Industriais.

Essa norma especifica critérios de avaliação dos projetos e de testes de protótipo de válvulas nos diversos tipos utilizados na Petrobras, estabelecendo requisitos que permitem aferir a confiabilidade desses componentes. Essa norma, apesar de inédita na Petrobras, seguiu uma filosofia já utilizada pelo Centro de Pesquisa da Petrobras na avaliação de válvulas submarinas e introduziu, entre outros aspectos,  o conceito de Curva de Assinatura de Válvulas, que é uma forma de avaliar as características técnicas das famílias de válvulas, medidas nos protótipos e estendidas às válvulas da linha de produção.

Na implementação da norma N-2827 surgiu a necessidade de transformá-la em uma norma ABNT, para permitir que a verificação da conformidade das válvulas produzidas pelos fabricantes fosse feita por entidades independentes OCPs, sob a gestão do INMETRO.

Com o apoio do INMETRO, ABNT, PETROBRAS e da ABIMAQ, que representou os fabricantes de válvulas, a norma Petrobras N-2827 foi transformada na norma ABNT NBR-15827, que contempla todas as características definidas na norma PETROBRAS, mas utilizando apenas referências a normas internacionalmente aceitas. A norma NBR- 15827 foi traduzida para o inglês e pode também ser utilizada por fabricantes internacionais.

Os fabricantes de válvulas foram convidados a obter a certificação de suas válvulas, com a NBR-15827, em três etapas:

•  A primeira etapa será a verificação da conformidade de projeto com os critérios da NBR-15827.

•  A segunda etapa será a relativa a testes de protótipo das famílias de válvulas.

•  A terceira etapa será a verificação da Curva de Assinatura das Válvulas.

O fabricante que cumprir as três etapas terá suas válvulas certificadas com selo INMETRO de conformidade com a norma NBR-15827.

O resultado esperado será um grande salto de qualidade das válvulas, com aumento da confiabilidade das mesmas em operação e aumento da competitividade dos fabricantes que aderirem a essa norma, no mercado nacional e no internacional.

Muitos fabricantes  nacionais que inicialmente encararam essa norma como um empecilho em sua atividade comercial já mostraram seu engajamento e passaram a olhar a norma NBR-15827 como uma oportunidade de melhoria de seus produtos e uma forma de garantir sua sobrevivência em um mercado cada vez mais competitivo.

Na próxima edição falaremos sobre Tipos e Modelos de Válvulas e  Componentes Básicos. Uma boa leitura a todos. Contatos são bem-vindos : osmarvalvula@yahoo.com.br.

Incoming search terms:

  • lotes de valvulas industriais
  • mercado de valvulas industriais no brasil
  • osmar leite da silva
  • Quando foi prodizida a primeira válvula industrial
  • tubulações industriais acessórios e válvulas petrobras
  • VALVULAS GAVETA
  • valvulas gavetas em manutençao
  • Válvulas Petróleo e Gás

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.

Osmar Leite

Funcionário da Petrobras há 30 anos atuando na área de Manutenção, Planejamento, Projetos e Paradas tanto em refinarias, Plataformas e usinas de Biocombustível da Petrobras. Consultor Especialista da Petrobras e autor do livro Válvulas Industriais, editado pela QualityMark.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

  • Marcus Vinícius

    Parabéns pelo artigo.

  • Carlos Alberto Borges

    Parabéns Osmar pelo belíssimo artigo, que demonstra todo seu conhecimento e a sua capacidade técnica. Ao mesmo tempo nos fornece a oportunidade de conversarmos, abrindo um diálogo, a respeito de um dos elementos mais comuns e mais importantes nas/das plantas industriais.

  • Muito bom.

  • Muito boa a matéria!

  • Francisco Siestrup

    Caro Osmar
    Parabéns pelo excelente trabalho. Esta é certamente uma contribuição para que nosso Brasil se torne melhor, mais eficiente e mais competitivo. É um excelente exemplo do que podemos fazer em muitas outras áreas também.
    Saudações
    Francisco.

  • Parabéns pela iniciativa , certamente trará valor para o nivelamento de conhecimentos técnicos principalmente para disciplinas como procurement e Planning.

  • MARIO JORGE

    Muito boa essa materia.

  • Sebastião Maria

    Muito interessante este assunto sobre válvulas, Gostaria de saber mais sobre este valioso produto.

    Sds,

    Sebastião Maria

    Inspetor de Equipamento e Estanqueidade

  • Sebastião Maria

    Como faço para comprar este livro sobre válvulas.

    Att,

    Sebastião Maria.

  • Osmar Leite

    Prezado Sebastião,

    O Meu livro pode ser comprado diretamente no site da editora abaixo
    http://qualitymark.com.br/catalogsearch/result/?q=V%C3%A1lvulas+industriais
    ou através de qualquer outra livraria eletrônica, é só procupar no Google. Boa leitura.

    Saudações,

    Osmar José Leite da Silva
    Consultor
    —————————————————————————————————
    Unidade de Operações de Exploração e Produção da Bacia de Santos
    Ativo de Produção Norte – Instalações de Superfície
    Rua Marques Herval nº 90 – Bairro Valongo – Santos-SP
    CEP: 11010-310
    E-mail: osmar.leite@petrobras.com.br / Chave: RB0X
    Telefone: (13) 3249-3577 / Rota: (759)-3577

  • André Adriano

    Caro Osmar

    Muito bom esse artigo, assim como os demais já mencionaram, propostas como essa tende a enriquecer e ampliar nosso conhecimento nesse campo tão vasto , válvulas industriais.

    Att: André Adriano

    Eng. Mecânico

  • Margit Weise

    Parabéns Osmar pela obstinação em seu trabalho. Profissional que toda grande empresa necessita, especialista, estudioso que faz diferença com seu saber.

    Abraço,

    Margit Weise.

  • Luis de Pinho Vernin

    Parabéns Osmar por essa iniciativa. Sou Projetista de Tubulação e sentia falta de um canal onde pudesse trocar conhecimento sobre esse componente tão importante em uma Planta de Engenharia. Muito bom.

  • Luiz Antonio Marques

    Osmar, artigo muito esclarecedor. Obrigado por compartilhar seu conhecimento .

  • Wilson Alves da Silva Junior

    Um bela iniciativa. Em um momento de crise institucionalizada, toda iniciativa para melhoria e aprimoramento técnológico “gratuito” é muito bem vinda, principalmente quando provém de pessoas do gabarito do Osmar.

    Muito Obrigado Osmar!

    Wilson Alves da Silva Junior
    Engenheiro de Petróleo e Gás

  • Prezado Osmar: seu livro tem sido nossa principal referência nos estudos que realizamos em Análise de Demanda e Mercado para válvulas industriais. DEUS te abençoe pela iniciativa que tem iluminado a tantos em sua trajetória. Sucesso nessa nova empreitada.

  • celso gomes

    Um assunto muito interessante,complexo. Com novas unidades de alta pressão,é preciso que conhecam os riscos da pressão e do produto.Estanqueidade deve ser tratado para o devido fim.Não se tem mais ou menos estanqueidade quando o risco existe,como é o caso constante na PB. Parabéns Osmar,é atraves de divulgações que a conscientização vai tomando forma.
    Celso Gomes – aposentado – ex consultor RNEST

  • celso gomes

    informe e mail errado.
    correto :gomescomissionamento@bol.com.br

  • Osmar,
    Parabéns pelo artigo.
    Profissionalismo, trabalho sério e especialistas técnicos de alto nível como você são fatores importante para que nosso país cresça e seja competitivo.
    Saudações,
    Paulo Pessoa

  • Obrigado pela visita ao Blogtek!

  • Desculpe a demora na resposta!! Obrigado pela visita ao Blogtek!

  • Desculpe a demora na resposta!! Obrigado pela visita ao Blogtek!

  • Parabéns Sr. Osmar Leite,

    Muito interessante a publicação, gosto muito do tema e procuro sempre me aperfeiçoar no assunto.

  • Bem vindo ao Blogtek!

  • Obrigado, Samuel, agradeço em nome do Osmar, e por oportuno informo que breve estaremos publicando mais artigos do Osmar, com sua habitual excelência técnica!!!

Publicidade

Gerenciamento de Projetos

Contratos EPC e EPCM – diferenças, vantagens e desvantagens

Comente Stonner 18.09.17
Liderança e Gestão

Diagrama Matricial – uma das sete ferramentas de gerenciamento

Comente Stonner 11.09.17
Gestão da Manutenção

O elo frágil da Gestão de Ativos

Comente Stonner 04.09.17
Gerenciamento de Projetos

Avalie a Comunicação em sua empresa ou organização

Comente Stonner 28.08.17
Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento das Partes Interessadas

Comente Stonner 21.08.17

Gerenciamento de Projetos

MS-Project – Dicas e Pegadinhas (Tips & Tricks)

83 Comentários Stonner 28.04.13
Liderança e Gestão

Seis regras testadas para vencer discussões (Les Giblin)

61 Comentários Stonner 01.12.14
Gestão da Manutenção

O Planejamento de uma Parada de Manutenção – Parte 1

61 Comentários Stonner 05.05.13
Atualidades

O que o biquíni esconde e o custo das novas refinarias…

56 Comentários Stonner 17.04.13
Gerenciamento de Projetos

Metodologia FEL – Método dos Portões

44 Comentários Stonner 17.02.13

Bem-vindo ao novo

Blogtek

Seja notificado sempre que um novo conteúdo estiver disponível.

Loading...Loading...
Não se preocupe, não temos prática de enviar spam.
© 2013 - 2017 Blogtek.