Menu

Sucesso de um projeto: o que realmente significa?

Stonner 6 Comentários 02.06.14 2850 Vizualizações Imprimir Enviar

Sucesso de um projeto: o que realmente significa? Temos publicado aqui no Blogtek estudos de casos sobre diferentes projetos, entre bem sucedidos e fracassos. Uma destas publicações, “O case da Ópera de Sydney” suscitou, entre alguns colegas gerentes de projeto de mais alto nível, aqui, e no Linkedin, algumas discussões sobre o real significado de “Sucesso de um Projeto”. Outra publicação que despertou interesse sobre fracassos em mega-projetos foi o “Boston big dig“. Vamos estimular este debate ao longo deste artigo.  Se você quiser ser notificado dos próximos artigos, cadastre seu e-mail aqui ao lado, em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.

 

Sucesso de um projeto: conceitos

Sucesso de um Projeto

Sucesso de um Projeto

Ao consultar a literatura disponível sobre o assunto, pode-se verificar a disparidade de opiniões e conceitos. Porém, ainda que os conceitos sejam em muitos casos divergentes, observa-se um alinhamento comum: o fato de que há uma confusão, uma percepção equivocada entre o sucesso do projeto e o sucesso na gestão do projeto.

O sucesso de um projeto está ligado à medida do atingimento dos objetivos globais do projeto, enquanto o sucesso da gestão do projeto é medido através dos indicadores de cumprimento de objetivos tais como prazo, custo, qualidade e escopo.

Como gestores de projetos, nossa preocupação imediata é atender aos objetivos de gerenciamento do projeto, enquanto, como clientes, público, usuários, estamos interessados na satisfação de nossas expectativas.

É por isso que podemos considerar o caso da Ópera de Sydney, apesar de não ter cumprido o prazo, com atraso de cerca de dez anos, ter tido o orçamento estourado (custou quase 15 vezes mais que a estimativa inicial), de não ter capacidade pra encenar algumas óperas de grande porte, pelas restrições de palco, um sucesso: é lindo, é um símbolo não apenas da cidade de Sydney, mas de toda a Austrália, e foi tombado como Patrimônio da Humanidade pela Unesco em 2007.

Sucesso de um Projeto: critérios

Sucesso de um Projeto

Sucesso de um Projeto

Alguns autores avaliam o sucesso de um projeto se “..o projeto atende as especificações de desempenho e/ou a missão a ser cumprida, e se há alto nível de satisfação relativa ao produto final do projeto.” (visão mais voltada ao público em geral)

Outros avaliam que “…o sucesso de um projeto só faz sentido se considerado por dois pontos de vista: na medida em que o objetivo técnico do projeto é atingido no prazo e dentro do orçamento; e o projeto atendeu à missão estratégica da empresa.” (visão mais empresarial)

E há ainda a questão do prisma pelo qual o projeto é avaliado:

Um arquiteto irá avaliar o projeto sob uma ótica predominantemente estética, o engenheiro observará o desempenho técnico, um contador sob o aspecto do dinheiro gasto, o gerente financeiro em termos de retorno sobre o investimento, o gerente de RH em termos da satisfação dos empregados, e presidente da empresa pela cotação das ações da empresa.

Para poder avaliar um projeto sob estes variados prismas, pode-se adotar um conjunto de KRA’s (Key Result Areas) previamente definido: resultados esperados, desejados, por áreas de resultado. Estes KRA’s podem ser priorizados por algum critério, tal como submetê-los à AHP (Analytical Hierarchy Process) ou o método de Mudge, para poder relativizar estes resultados dentro da Corporação.

Há um artigo de Mark Feldman e Peter Beale, membros do PMI, denominado “Measuring Sucess Performance”, disponível no site do PMI (http://www.pmi.org/) , gratuito para membros, em que este assunto é abordado com profundidade.

Breve, publicaremos outro artigo sobre questões pertinentes à gestão de projetos e megaprojetos. Se você quiser ser notificado dos próximos artigos, cadastre seu e-mail aqui ao lado, em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

 

Incoming search terms:

  • De tres exemplos de objetivos de missao do projeto no estudo de caso A Opera de Sydney?
  • o que despertou em mim a dig dum

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.

Stonner

Rodolfo Stonner, Engenheiro Mecânico pela UFRJ, atuou como Engenheiro de Equipamentos Sênior da Petrobras, e foi Gerente de Construção e Montagem das Obras Extramuros da Refinaria Abreu e Lima (RNEST), em Pernambuco. Atualmente aposentado, é consultor e instrutor nas áreas de Gerenciamento de Projetos e Gestão da Manutenção, e está atuando com a Deloitte na implantação do PMO para a Refinaria de Talara, Peru. Gosta de lecionar, trocar experiências e conhecimentos, é certificado como PMP (Project Management Professional) e RMP (Risk Management Professional) pelo PMI, e CRE (Certified Reliability Engineer) pela ASQ.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

  • Sérgio Cutrim

    O sucesso de projetos, como bem mostrou o artigo, é uma questão interdisciplinar que envolve aspectos financeiros, organizacionais, técnicos, recursos humanos entre outros. A ascensão de profissionais da área de administração atuando em projetos está relacionado com esta interdisciplinaridade. Característica essencial na formação de um administrador. Ótimo post Stoner.

  • PAULO EMILIO NASCIMENTO

    Como sempre, muito bons o embasamento técnico e a exposição.

  • Valeu, Paulo Emílio!

  • Obrigado, Sérgio Cutrim!

  • José Guilherme Pinheiro Côrtes

    Muito interessante o que você propõe, Stonner. De fato, convém estabelecer distinção entre sucesso (ou fracasso) na gestão de sucesso (ou fracasso) nos resultados de um projeto. Um projeto bem gerenciado pode fracassar por motivos além das possibilidades do trabalho de gerenciamento. E vice versa. Claro, isso não é desculpa para tomar de 7×1…

  • Pingback: 7 estatísticas sobre projetos para impressionar seu chefe... - blogtek.com.br()

Publicidade

Gerenciamento de Projetos

Contratos EPC e EPCM – diferenças, vantagens e desvantagens

Comente Stonner 18.09.17
Liderança e Gestão

Diagrama Matricial – uma das sete ferramentas de gerenciamento

Comente Stonner 11.09.17
Gestão da Manutenção

O elo frágil da Gestão de Ativos

Comente Stonner 04.09.17
Gerenciamento de Projetos

Avalie a Comunicação em sua empresa ou organização

Comente Stonner 28.08.17
Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento das Partes Interessadas

Comente Stonner 21.08.17

Gerenciamento de Projetos

MS-Project – Dicas e Pegadinhas (Tips & Tricks)

83 Comentários Stonner 28.04.13
Liderança e Gestão

Seis regras testadas para vencer discussões (Les Giblin)

61 Comentários Stonner 01.12.14
Gestão da Manutenção

O Planejamento de uma Parada de Manutenção – Parte 1

61 Comentários Stonner 05.05.13
Atualidades

O que o biquíni esconde e o custo das novas refinarias…

56 Comentários Stonner 17.04.13
Gerenciamento de Projetos

Metodologia FEL – Método dos Portões

44 Comentários Stonner 17.02.13

Bem-vindo ao novo

Blogtek

Seja notificado sempre que um novo conteúdo estiver disponível.

Loading...Loading...
Não se preocupe, não temos prática de enviar spam.
© 2013 - 2017 Blogtek.