Menu

Resgate dos mineiros chilenos -um projeto de sucesso

Stonner 6 Comentários 09.02.15 3402 Vizualizações Imprimir Enviar

Resgate dos mineiros chilenos – um projeto de sucesso: evidentemente todos nós acompanhamos este resgate, e torcemos pelo seu sucesso. O desabamento que soterrou 33 operários chilenos ocorreu em 5 de agosto de 2010, na mina San José, e hoje iremos relembrar alguns episódios, porém mais do que isto, iremos avaliá-lo sob a ótica de um projeto bem sucedido.  Afinal, não aprendemos APENAS com fracassos: Projetos bem sucedidos também nos trazem lições! Se você quiser ser notificado dos próximos artigos, cadastre seu e-mail aqui ao lado, em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.

Resgate dos mineiros chilenos – foi um projeto?

O PMBoK Guide define projeto como: “Um projeto é um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo”.

Portanto, analisando esta definição podemos de fato visualizar o resgate como um projeto, pois foi um esforço temporário, para obter um resultado exclusivo. Chama a atenção o fato de que este projeto tinha objetivo claro, o resgate dos mineiros, vivos e saudáveis, porém sem um escopo definido. Escopo é, ainda conforme a definição do PMBoK Guide, o trabalho que precisa ser realizado para entregar um produto, serviço ou resultado com as características e funções especificados.

Resgate dos mineiros chilenos – Histórico

A mina de San José é uma mina de cobre, pequena, que entre 2003 e 2010 contabilizou três mortes de trabalhadores. Em 2008, a morte de um geólogo levou ao fechamento da mina, que no entanto foi reaberta em 2009, com o compromisso de melhorias na segurança. Contudo, era necessário pagar salários mais altos para poder encontrar pessoas dispostas a trabalhar na mina, devido aos riscos.

O desabamento inicial foi no dia 05 de Agosto de 2010, e no dia 07 de Agosto houve um segundo desabamento, o qual dificultou mais ainda o resgate dos trabalhadores. Em 22 de Agosto, após inúmeros furos de pequeno diâmetro para primeiramente localizar os mineiros, estes foram localizados, e enviaram uma mensagem: “Estamos bien en el refugio, los 33”. Ou seja, os 33 mineiros estavam bem, e abrigados no refúgio, a 700 metros de profundidade. Uma vez localizados, foi possível iniciar o envio de alimentos e medicamentos, bem como a troca de mensagens entre os mineiros e ses familiares, com o objetivo de manter o moral dos mineiros.

Resgate dos mineiros chilenos - esquema da mina

Resgate dos mineiros chilenos – esquema da mina

A estimativa inicial de prazo para o resgate é de três a quatro meses.

Em 30 de agosto, inicia-se a perfuração de um poço de 702 metros de profundidade e 66 centímetros de diâmetro. Em 5 de Setembro, inicia-se a perfuração de outro poço, com outra perfuradora, como Plano B. Em 19 de Setembro, inicia-se a perfuração de um terceiro poço (Plano C). Em 9 de Outubro, a perfuradora do Plano  chega ao refúgio dos mineiros. Iniciado o revestimento do trecho inicial do poço, para evitar desmoronamento e queda de rochas. Em 12 de Outubro, um socorrista desce pelo poço para dar início à retirada dos mineiros. Em 13 de Outubro, o último dos mineiros é retirado.

Resgate dos mineiros chilenos – aspectos gerenciais

Resgate dos mineiros chilenos - Golborne

Resgate dos mineiros chilenos – Golborne

Em Março de 2010, com a eleição do Presidente Piñera, o engenheiro Laurence Golborne, até então CEO de um grande cadeia varejista, a Cencosud (no Brasil, proprietária da Rede Prezunic) assumiu como Ministro das Minas do Chile.

Portanto, com apenas 5 meses de gestão à frente do Ministério, Golborne estava à frente de um enorme problema, em uma área na qual não tinha expertise, chegando à mina San José dois dias após o desabamento.

A questão da falta de expertise em determinada área é um problema recorrente na Gestão de Projetos. Na gestão de grandes projetos industriais, é virtualmente impossível encontrar um gerente que às suas habilidades gerenciais, possa também acrescentar conhecimentos técnicos de Tubulação, Metalurgia, Mecânica, Eletricidade, Instrumentação, Engenharia Civil, Terraplenagem, Movimentação de Cargas, Estruturas Metálicas, Processos Industriais…

Uma de suas primeiras preocupações foi com um aspecto extremamente relevante na Gestão de Projetos: Comunicação. Todas as informações eram repassadas de forma clara e explícita aos familiares dos mineiros, à Imprensa e ao público em geral.

Outro destaque de sua atuação como líder foi a Presença. Desde o início, até o resgate do último mineiro, esteve presente no local, lá estabelecendo sua base.

Também foi determinante sua postura de Responsabilidade ante o caso. Apesar de o acidente ter ocorrido em uma área particular, pela abrangência e repercussão do caso sua postura foi de assumir o comando e a responsabilidade pelo resgate. Decisão corajosa, posto que em caso de falha, o ônus estaria transferido para o Governo.

Ciente de sua limitada expertise no assunto, cercou-se de especialistas, para ouvir opiniões e alternativas, mas não se esquivou do papel de líder: “Comecei a fazer muitas perguntas, mas me reservei a autoridade final nas tomadas de decisão”.

Desta forma, após os primeiros dez poços para  localização, um deles localizou os mineiro, quinze dias após o desabamento. A partir deste momento, dez planosde resgate foram propostos, e Golborne decidiu autorizar  realização de três deles simultaneamente (Planos A, B e C), logrando êxito após pouco mais de dois meses, quando os prognósticos eram de três a quatro meses.

Estamos sempre publicando artigos sobre Gerenciamento de Projetos, e sobre Liderança e Gestão. Para manter-se informado sobre os próximos artigos, cadastre seu e-mail em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

 

Incoming search terms:

  • mineiros chilenos em 2010
  • lista de informações gerenciamento das partes interessadas do acidente dos mineiros chilenos
  • projeto para resgate dos mineiros
  • projetos chilenos
  • quais foram os equipamentos usados para resgatar os 33 operarios do chile do acidente na minas
  • Quem foi o ministro que estava a frente do resgate no chile
  • resgate dramatico de mineiros chilenos

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.

Stonner

Rodolfo Stonner, Engenheiro Mecânico pela UFRJ, atuou como Engenheiro de Equipamentos Sênior da Petrobras, e foi Gerente de Construção e Montagem das Obras Extramuros da Refinaria Abreu e Lima (RNEST), em Pernambuco. Atualmente aposentado, é consultor e instrutor nas áreas de Gerenciamento de Projetos e Gestão da Manutenção, e está atuando com a Deloitte na implantação do PMO para a Refinaria de Talara, Peru. Gosta de lecionar, trocar experiências e conhecimentos, é certificado como PMP (Project Management Professional) e RMP (Risk Management Professional) pelo PMI, e CRE (Certified Reliability Engineer) pela ASQ.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

  • Parabéns Rodolfo, um excelente artigo e uma ótima escolha do tema.

  • Obrigado, Marcelo, conto com seus comentários e sugestões de artigos!

  • Ozias Pereira de Paula

    Rodolfo, parabéns pelo artigo. Acompanhei aquele resgate dramático no Chile, e foi uma magna aula de gerenciamento de projetos de curtíssimo prazo. Guardadas as devidas proporções, muitas nos deparamos com situações semelhantes em nosso cotidiano na implantação de projetos!

  • De fato, Ozias, este “case” tem tudo a ver com Gerenciamento de Projetos!

  • Murce

    Ótimo artigo! Tema muito bem escolhido!

  • Obrigado, Murce!!!

Publicidade

Liderança e Gestão

Planejamento de cenários – estratégia na incerteza

Comente Stonner 13.11.17
Gerenciamento de Projetos

O projeto como parte do negócio – PMBOK Guide sexta edição

Comente Stonner 06.11.17
Gerenciamento de Projetos

Lei de Parkinson – expansibilidade do trabalho

Comente Stonner 30.10.17
Gerenciamento de Projetos

Joint Confidence Level (JCL) – análise simultânea de custo e prazo

2 Comentários Stonner 23.10.17
Gestão da Manutenção

7 desperdícios da produção (Lean Manufacturing)

Comente Stonner 16.10.17

Gerenciamento de Projetos

MS-Project – Dicas e Pegadinhas (Tips & Tricks)

83 Comentários Stonner 28.04.13
Liderança e Gestão

Seis regras testadas para vencer discussões (Les Giblin)

61 Comentários Stonner 01.12.14
Gestão da Manutenção

O Planejamento de uma Parada de Manutenção – Parte 1

61 Comentários Stonner 05.05.13
Atualidades

O que o biquíni esconde e o custo das novas refinarias…

56 Comentários Stonner 17.04.13
Gerenciamento de Projetos

Metodologia FEL – Método dos Portões

44 Comentários Stonner 17.02.13

Bem-vindo ao novo

Blogtek

Seja notificado sempre que um novo conteúdo estiver disponível.

Loading...Loading...
Não se preocupe, não temos prática de enviar spam.
© 2013 - 2017 Blogtek.