Menu

Planejamento e Programação

Stonner 12 Comentários 13.10.13 3794 Vizualizações Imprimir Enviar

Planejamento e Programação: há muito tempo estamos publicando aqui no Blogtek artigos sobre planejamento e suas ferramentas, tais como Diagrama de Precedência, Cronograma, Curva de avanço.  O que vem a ser a programação? Programação é extremamente importante uma vez que é a ponte entre o planejamento e a execução: é fazer chegar ao executante as informações do que ele deverá realizar em um determinado período, em determinado horizonte de tempo: por dia, por semana, por mês. Se você quiser ser notificado dos próximos artigos, cadastre seu e-mail aqui ao lado, em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.

Planejamento e Programação – Planejar

Blue Print And Construction Sketching by khunaspixPlanejar significa executar mentalmente a sequência almejada de tarefas, buscando identificar dificuldades e antecipar soluções. É nesta fase que deverá ser construída a Estrutura Analítica de Projeto (leia mais em Estrutura Analítica de Projeto-EAP). Nesta fase deve-se estimar recursos e equipamentos requeridos, a correta e mais otimizada sequência de atividades, tempos de execução e custos envolvidos.

Posteriormente, o planejador irá introduzir estes dados no adequado software de Planejamento, seja o MS Project, o Primavera, SpiderProject, TeamGantt ou qualquer outro (leia os cuidados em inserir os dados em Planejar não é pilotar o Project…).

Após ajustar prazos, fazer o nivelamento, checar inconsistências, verificar a adequada sequenciação de atividades, nosso planejamento INICIAL está pronto. Evidentemente, ele deverá ser atualizado regularmente, em um horizonte adequado de tempo, compatível com a duração do projeto e suas atividades (leia mais em Cronograma – via de mão dupla).

Planejamento e Programação – Programar

Oil Refinery Plant Night Scene Nearby River by samuiblueO fruto do planejamento é algo complexo e vasto, e abrangente ao longo do tempo. Ao iniciarmos a execução, devem ser focadas as atividades no próximo período de tempo, que pode ser dia a dia, como em uma parada de manutenção, caracterizada por um ritmo extremamente intenso de atividades (Leia mais em 8 segredos para o sucesso de uma parada de manutenção e Por que reduzir escopo em uma parada de manutenção?).

Ao distribuir as atividades para os executantes, cada tipo de recurso (sejam engenheiros, técnicos, projetistas, desenhistas, ou executantes no campo, soldadores, montadores, caldeireiros..) deve ser informado das atividades que lhes são pertinentes, ou seja, o vasto volume de informações oriundas do planejamento deve ser adequadamente filtrado. Esta importante atividade, de definir como fazer chegar o agendamento de atividades a quem irá executá-las, é denominada Programação.

Planejamento e Programação – os cuidados com a adequada programação

Silhouettes Of Worker Welder by NaypongDificilmente você encontrará pronto no software que está utilizando um relatório que atenda todas as características específicas de seu projeto ou de sua empresa. Felizmente, os relatórios são customizáveis, porém demanda certo tempo e cuidado para produzir um relatório “do seu jeito”. Por isso, vale a pena salvar o modelo criado como um “template” (modelo) a ser utilizado nos próximos empreendimentos.

Alguns cuidados a serem tomados na customização dos relatórios:

  • Clareza: adequar a programação ao perfil cognitivo do executante. Ou seja, as informações devem estar claras, em nível de entendimento do executante. Sem realizar nenhum juízo de valor, a forma com que uma atividade é descrita para um grupo de engenheiros será necessariamente diferente da maneira com que uma atividade será descrita para o supervisor de caldeiraria, por exemplo.
  • Abrangência: selecionar por  prazo, por executante ou especialidade. Para um mesmo modelo, deve ser possível utilizar filtros para selecionar a programação a ser emitida.
  • Horizonte: prazo de duração das atividades programadas (programação diária, semanal ou mensal). Como vimos acima, uma parada de manutenção terá suas atividades programadas por dia, ou mesmo por turno de trabalho. Isto não ocorrerá em projetos de construção e montagem, ou de elaboração de projetos conceitual, básico, FEED e de detalhamento.
  • Detalhamento: Especificar nível de detalhes requerido (desenhos, normas, procedimentos, etc.). É necessário deixar claro os procedimentos a serem seguidos.
  • Apoios requeridos: muitas atividades são de responsabilidade da contratante (inspeção, andaimes, elevação de carga, por exemplo) e devem constar da programação.
  • Acompanhamento: a programação deve permitir que o executante retorne ao Planejamento as informações concernentes ao andamento das atividades programadas. Se você não fizer o acompanhamento e atualização das atividades, seu planejamento estará rapidamente desatualizado e a programação de atividades será inócua.

Incoming search terms:

  • o que é planejamento e programação
  • programacao das aticidades diarias mensais e semanais
  • software para programar atividades semanais

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.

Stonner

Rodolfo Stonner, Engenheiro Mecânico pela UFRJ, atuou como Engenheiro de Equipamentos Sênior da Petrobras, e foi Gerente de Construção e Montagem das Obras Extramuros da Refinaria Abreu e Lima (RNEST), em Pernambuco. Atualmente aposentado, é consultor e instrutor nas áreas de Gerenciamento de Projetos e Gestão da Manutenção, e está atuando com a Deloitte na implantação do PMO para a Refinaria de Talara, Peru. Gosta de lecionar, trocar experiências e conhecimentos, é certificado como PMP (Project Management Professional) e RMP (Risk Management Professional) pelo PMI, e CRE (Certified Reliability Engineer) pela ASQ.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

  • Bayard

    Perfeito já disse tudo. O detalhe está na competência do programador. Ele não pode ser burocrático. Tem que ter conhecimento do trabalho específico.

  • Correto, Bayard!!!

  • alexandre vicente perrotta

    Sintetizou com clareza

  • Queiroga

    Já atuei como planejador de manutenção mas, na ocasião, a programação não fazia parte de meu escopo de atividades! Devo confessar que antes de ler esta matéria não compreendia a importância vital da atividade deste profissional!!

  • Valeu, Queiroga!

  • Bruno Brasil

    Ótimo site stonner. Boa inicitiva.

    Vejo muito a programação ser inserida em excel, que particularmente acho ruim pois cria-se outro documento e mais trabalho sem necessidade além do risco de cometer erros quando passamos do project para o excel por ex. Já ouvi falar de tirar a programação direto de relatório do project conforme informado no artigo, mas nunca vi na prática.
    O que gostaria de perguntar é: É comum inserir uma coluna de quantidades totais e quantidades a serem realizadas no período na programação? é comum também fazer isso no softawre de planejamento?

    Obrigado.

  • Olá, Bruno, os relatórios do Project podem ser customizados, e serem inseridas virtualmente quaisquer informações. Às vezes dá um pouco de trabalho gerar o relatório adequado às suas atividades, então quando o fizer, salve-o como um template para uso em futuras ocasiões. Posteriormente publicarei um artigo sobre customização de relatórios. Quanto ao uso do Excel, concordo integralmente com você. Adoro o Excel, para os fins a que se destina, mas há quem o use para tudo, então não tem nada a ver..

  • Felipe Ruzo

    Aproveitando os “cuidados” elencados pelo Stonner e pelos colegas, compartilho alguns pontos de acordo com a minha percepção, no âmbito de empreendimentos de Construção e Montagem Industrial:

    (Abrangência e Horizonte)
    As Programações Trimestral, com atualização mensal e a Semanal com visão quinzenal são fundamentais e muitas vezes contratuais. O Programador, também conhecido como Planejador ou Job Líder de planejamento, precisa ter conhecimento técnico sobre uma disciplina para Programar atividades a serem realizadas.

    (Clareza e Apoios Requeridos)
    É fundamental um alinhamento prévio entre departamentos de Planejamento e Produção, quanto à programação a ser emitida, seja ela Trimestral ou Semanal. Geralmente as EPCistas premiam as equipes de Produção considerando, entre outros critérios, o desempenho mensal frente às Programações de Serviços recebidas. Além disso, a Produção muitas vezes tem uma melhor visão sobre os apoios requeridos (Andaime e Movimentação de Carga). Ao mesmo tempo as equipes de Planejamento são avaliadas, simultaneamente, pela Assertividade (ou cumprimento) das Programações e a aderência delas ao Cronograma. Sem o comprometimento da Produção, o Planejamento irá trabalhar apenas para gerar papel.

    (Clareza e Detalhamento)
    Programações de Serviços acompanhadas de imagens provenientes de Maquete Eletrônica (3D), Desenhos e Arranjos, tem se mostrado eficazes no papel de transmitir com clareza a informação para os executantes. O Planejamento 4D também tem sido cada vez mais utilizado.

    (Acompanhamento)
    O acompanhamento, infelizmente, não pode ser delegado totalmente ao executante (Produção), que muitas vezes tem critérios diferentes para informar o cumprimento de uma atividade. É preciso a presença contínua do Planejamento e Qualidade em campo para avaliar o cumprimento de uma atividade e retroalimentar o Planejamento.

    Por fim, em alguns setores como Óleo e Gás, é mais usual o Oracle Primavera para planejamento, além de outros softwares específicos para controle, muitas vezes contratuais. Com isso, o uso de planilhas Excel para Programações acaba sendo uma consequência. Entretanto, um dos desafios é promover essa integração e/ou unificação entre Sistemas e evitar o máximo a criação de planilhas paralelas.

  • Obrigado, Felipe, por compartilhar conosco suas percepções, muito adequadas!!

  • Manuel Charles Araujo

    Os principais fatores que influenciam diretamente na programação dos serviços de manutenção são os seguintes:
    1 – Detalhamento dos serviços e nivelamento dos recursos com participação dos supervisores de manutenção e operação;
    2 – Participação dos supervisores de manutenção e operação na reunião de programação dos serviços;
    3 – Programadores com conhecimento dos serviços a serem executados.

  • De fato, Charles, conhecimento e envolvimento e participação dos supervisores é fundamental…você tem muita experiência no assunto, eu me lembro!!!

  • Pingback: 10 melhores práticas da Gestão da Manutenção - blogtek.com.br()

Publicidade

Gerenciamento de Projetos

Contratos EPC e EPCM – diferenças, vantagens e desvantagens

Comente Stonner 18.09.17
Liderança e Gestão

Diagrama Matricial – uma das sete ferramentas de gerenciamento

Comente Stonner 11.09.17
Gestão da Manutenção

O elo frágil da Gestão de Ativos

Comente Stonner 04.09.17
Gerenciamento de Projetos

Avalie a Comunicação em sua empresa ou organização

Comente Stonner 28.08.17
Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento das Partes Interessadas

Comente Stonner 21.08.17

Gerenciamento de Projetos

MS-Project – Dicas e Pegadinhas (Tips & Tricks)

83 Comentários Stonner 28.04.13
Liderança e Gestão

Seis regras testadas para vencer discussões (Les Giblin)

61 Comentários Stonner 01.12.14
Gestão da Manutenção

O Planejamento de uma Parada de Manutenção – Parte 1

61 Comentários Stonner 05.05.13
Atualidades

O que o biquíni esconde e o custo das novas refinarias…

56 Comentários Stonner 17.04.13
Gerenciamento de Projetos

Metodologia FEL – Método dos Portões

44 Comentários Stonner 17.02.13

Bem-vindo ao novo

Blogtek

Seja notificado sempre que um novo conteúdo estiver disponível.

Loading...Loading...
Não se preocupe, não temos prática de enviar spam.
© 2013 - 2017 Blogtek.