Menu

Olodum – processo decisório simples e eficaz

Stonner Comente 08.09.16 566 Vizualizações Imprimir Enviar

Olodum – o vídeo

Olodum é um grupo percussivo baiano, instituição sem fins lucrativos e de utilidade pública, fundado em 1979, o qual busca preservar a continuidade dos valores socioculturais africanos, e cuja marca é a música percussiva e a responsabilidade social.

Olodum – simplicidade e agilidade nas decisões

Símbolo do Olodum

Símbolo do Olodum

Mas, o que Olodum tem a ver com processos decisórios? Na realidade, não me consta que este nome esteja de alguma forma registrado nos livros de Administração ou nas obras de Gerenciamento de Projetos.

Porém, a avaliação de diversas alternativas em um processo decisório sob o prisma de diferentes aspectos tem sido feita informalmente atribuindo as cores dos sinais de trânsito a cada situação: vermelho, alternativa ruim sob este aspecto; amarelo, alternativa indiferente, e, verde, alternativa vantajosa sob este enfoque.

O multicolorido destas tabelas guarda certa similitude com o símbolo do grupo Olodum, e por isto, informalmente muitas pessoas se referem a este processo como gráfico Olodum.

Saiba mais em https://pt.wikipedia.org/wiki/Olodum

Importante notar que esta ferramenta é qualitativa, ou seja, dá uma ideia geral das vantagens e pontos de atenção de cada alternativa. Caso não haja nenhuma alternativa que se destaque claramente, ao menos podemos descartar as piores alternativas, e usar para as remanescentes processos decisórios mais sofisticados, tais como Árvore de DecisãoAnalytical Hierarchy Process, ou ainda o Método de Mudge, os quais podem ser mais facilmente aplicados a um menor número de alternativas.

Incoming search terms:

  • curva da bacia
  • o que significa pacote de trabalho em projetos

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.

Stonner

Rodolfo Stonner, Engenheiro Mecânico pela UFRJ, atuou como Engenheiro de Equipamentos Sênior da Petrobras, e foi Gerente de Construção e Montagem das Obras Extramuros da Refinaria Abreu e Lima (RNEST), em Pernambuco. Atualmente aposentado, é consultor e instrutor nas áreas de Gerenciamento de Projetos e Gestão da Manutenção, e está atuando com a Deloitte na implantação do PMO para a Refinaria de Talara, Peru. Gosta de lecionar, trocar experiências e conhecimentos, é certificado como PMP (Project Management Professional) e RMP (Risk Management Professional) pelo PMI, e CRE (Certified Reliability Engineer) pela ASQ.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade

Gerenciamento de Projetos

Contratos EPC e EPCM – diferenças, vantagens e desvantagens

Comente Stonner 18.09.17
Liderança e Gestão

Diagrama Matricial – uma das sete ferramentas de gerenciamento

Comente Stonner 11.09.17
Gestão da Manutenção

O elo frágil da Gestão de Ativos

Comente Stonner 04.09.17
Gerenciamento de Projetos

Avalie a Comunicação em sua empresa ou organização

Comente Stonner 28.08.17
Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento das Partes Interessadas

Comente Stonner 21.08.17

Gerenciamento de Projetos

MS-Project – Dicas e Pegadinhas (Tips & Tricks)

83 Comentários Stonner 28.04.13
Liderança e Gestão

Seis regras testadas para vencer discussões (Les Giblin)

61 Comentários Stonner 01.12.14
Gestão da Manutenção

O Planejamento de uma Parada de Manutenção – Parte 1

61 Comentários Stonner 05.05.13
Atualidades

O que o biquíni esconde e o custo das novas refinarias…

56 Comentários Stonner 17.04.13
Gerenciamento de Projetos

Metodologia FEL – Método dos Portões

44 Comentários Stonner 17.02.13

Bem-vindo ao novo

Blogtek

Seja notificado sempre que um novo conteúdo estiver disponível.

Loading...Loading...
Não se preocupe, não temos prática de enviar spam.
© 2013 - 2017 Blogtek.