Menu

O Gerenciamento das Comunicações em Projeto

Isnaldo 21 Comentários 15.05.13 3239 Vizualizações Imprimir Enviar

Hoje o Blogtek tem o prazer de publicar um artigo do competente e simpático colega engenheiro Isnaldo, falando sobre um tema que impacta fortemente o Gerenciamento de Projetos: o Gerenciamento das Comunicações em Projeto.

“Quem não se comunica se trumbica” 
“Eu vim para confundir e não para explicar”.

Estas frases foram popularizadas pelo pernambucano José Abelardo Barbosa de Medeiros, o Chacrinha. Observando algumas fotos curiosas de placas de trânsito, me perguntei: será que elas podem nos dizer alguma coisa sobre o Gerenciamento das Comunicações em Projeto?

O Gerenciamento das Comunicações: informação ininteligível

 

Placa ilegível

Placa ilegível

Parte das informações da placa acima está ilegível. Mesmo próximo da placa e sem nenhuma obstáculo à mesma, não conseguimos lê-la. No Projeto podemos estar diante de uma situação como esta. Alguma informação está sendo passada e não temos condição de captá-la totalmente. Às vezes é uma língua estrangeira que está sendo escrita ou falada de tal forma que temos dificuldade de compreender. Às vezes é na nossa língua pátria mesmo. Como? Um texto ou conversa extremamente técnica; Quem nunca se deparou, por exemplo, com um algum parecer jurídico no qual você leia um parágrafo e não entenda nada? Nessas situações, a informação está lá escrita ou dita com todas as letras e ainda assim haverá pessoas que não poderão compreender, quase como se fosse ilegível.

O Gerenciamento das Comunicações: informação obstruída

 

Placa oculta

Placa oculta

A placa acima, bem acima diga-se de passagem, está perfeita e eventualmente pode até ser vista se nos posicionarmos em um outro ângulo. Mas deste ângulo, que parece ser o mais utilizado, dada a posição do semáforo abaixo à esquerda, parte da informação está obstruída. No projeto podemos ter canais de comunicação obstruídos. Essa obstrução pode se dar de várias formas, como por exemplo:

  • Canal de comunicação não mapeado – daí você não sabe que tem que informar aquela determinada pessoa;
  • Excesso de níveis hierárquicos até a informação chegar “na ponta”;
  • Informação propositadamente obstruída por ser uma vantagem competitiva;

O Gerenciamento das Comunicações: informações dúbias

 

Informações confusas

Informações confusas

Por favor, alguém pode me dizer para que direção é Niterói e Vitória? É em frente a direita ou é voltando a direita?  Nota-se que é uma placa mais antiga e uma nova.  No projeto isso também acontece: informações duplicadas, confusas. E quantas vezes nos confundimos com as informações que são realmente para ser utilizadas ou estão desatualizadas?

O Gerenciamento das Comunicações: informações confusas e em excesso

Too much info!!!

Too much info!!!

Essa é uma placa sobre limite de velocidade perto de uma escola em Southfield, no estado de Michigan (EUA, que deixou os motoristas confusos por conta do excesso de informação que consta na placa. A sinalização indica seis horários diferentes em que os condutores devem manter o limite de 25 milhas por hora (40 km/h). No projeto, o excesso de informação é uma realidade. Atas, E-mails, Pareceres, Desenhos, Apresentações, etc. O excesso de informação pode dificultar a identificação do que é importante, entre outras consequências, como confundir o que deve ou não ser feito, como ocorreu no caso verídico da foto acima. Por isso as metodologias de Gerenciamento de Projeto apregoam a racionalização da informação e dos canais de comunicação.

Cuidados no Gerenciamento das Comunicações

Muitos dos problemas na Gestão de Projetos tem sua origem na má comunicação ou mesmo na ausência da mesma. Precisamos estar atentos ao assunto de forma a minimizar os ruídos que naturalmente existem no processo de comunicação.Planejar a comunicação é tão importante quanto planejar o projeto em tempo e custo, ou seja: definir estratégias de trabalho, avaliar riscos, criar a EAP, estabelecer os recursos necessários, distribuí-los no tempo e elaborar o cronograma. Entretanto tudo isso só terá sentido e resultado, ser for comunicado e entendido pelas partes interessadas no projeto.

Incoming search terms:

  • isnaldo comunicar

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.

Isnaldo

Engenheiro Mecânico pela UFPE. Especialização em Montagem Industrial e Fabricação Mecânica pela UFF. PMP desde 31/01/2005. Ministra aulas de Fundamentos do Gerenciamento de Projetos na UFF e na Universidade Petrobras.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

  • Anfilófilo Moreira Matos

    Congratulo-me e desde já celebro com vocês o sucesso deste projeto, tendo em vista que quase sempre, senão sempre; a excelência da formação ocorre via excelência da informação. Sabedores somos de que, em não havendo informação correta sobre quis estabelecimentos de ensino os profissionais se esmeram pela excelência e auferem bons resultados, dificilmente conseguiremos nos beneficiar com a oportunidade de até lá chegar-mos e termos uma excelente formação. (há também outros fatores que exercem também, grande influência no resultado final)
    Ps. refiro-me a formação básica até formação acadêmica.
    Grato.
    Anfilófilo Moreira Matos

  • Joelma mota

    Percepção aguçada, meu amigo Isnaldo. Refletirei com minha equipe. Grande abraço aos dois, Stonner.
    Joelma

  • Raquel

    Muito bom esse artigo! O planejamento da comunicação é imprescindível para que os objetivos de uma organização sejam atingidos!

  • Prezado Anfilófilo,

    A boa comunicação é importante em todas as áreas da vida e não apenas no Gerenciamento de Projetos, inclusive na escolha de uma boa instituição para formação educacional, com bem mencionou.

    Obrigado pelo comentário.

  • Joelma,

    Obrigado. Fique a vontade para refletir e compartilhar com a equipe.

  • Raquel,

    Certamente. O planejamento das Comunicações na Gestão de Projetos deve ser encarado como necessário e crítico tanto quanto é estabelecer uma linha de base de escopo, tempo e custo.

    Obrigado pelo comentário.

  • José Carlos Mendes

    Gostei muito deste artigo, os exemplos utilizados demonstram, mais que tudo, um desleixo daquele que quis comunicar, menos no caso americano que a comunicação era “politicamente correta” demais.
    Trabalhei em poucos projetos na PETROBRAS, e acho que a participação do “Chão de Fábrica” deve ser mais prestigiada, a vivência do dia a dia na execução da tarefa em si é muito importante.
    Sds
    Mendes.

  • Leonardo

    Estão todos de parabéns pelo excelente trabalho.

  • Camargos

    Grande Isnaldo!
    Parabéns pelo excelente artigo!
    A comunicação é sempre um dos pontos relacionados à deficiência de qualquer processo. O seu artigo é inspirador para a busca da Excelência!
    Forte abraço deste teu amigo “neopernambucano”!
    Camargos

  • Grande Camargos,
    “Neopernambucanos” são muito bem aceitos na terrinha!
    Gerenciar implica em fazer escolhas e tomar decisão. Um insumo fundamental nesse processo é a informação. Quanto mais correta, na dose certa, na forma certa e a tempo, mais chance existe das escolhas e decisões serem efetivas.
    Abraço

  • Felipe Oliveira

    Belo artigo meu caro!
    De fato uma boa comunicação não se resume apenas a passar o conteúdo.
    Acertar as arestas de possíveis dubiedades e garantir que o conteúdo está sendo o mais claro possível é substancial.

    Parabéns mais uma vez! Abraço!

  • Obrigado, meu caro Felipe! Estou respondendo pelo Isnaldo, que está em merecidas férias! Contamos com suas visitas!

  • Elton Saturnino Campos de Moura

    Assim como navegar, comunicar é preciso e preciso. Muito interessante e a escolha da ilustração foi genial. Parabéns.

  • Obrigado, Elton, em nome do Isnaldo, que está de férias!!!

  • luiz Claudio

    O Material e excelente, parabens, traz a mensagem de forma clara, objetiva e refletiva gerando a reflexao em,todos os campos de .
    nosso, dia a dia, util nao so no profissional

  • Obrigado, Luiz Cláudio, em nome do colega Isnaldo, autor do artigo!!!

  • Carlos Alexandrino dos Santos

    Excelente artigo em uma abordagem simples e clara, dígna do projetista em foco. Trabalhei, há tempos passados, em projetos hidroambientais e posso dizer que, muitas e muitas vezes, a linguagem adotada em leis e/ou instrumentos normativos, confundem a muitos mais que auxiliam pessoas altamente interessadas, mas que não conseguem captar certos procedimentos de controle de passivos ambientais em virtude da multiplicidade e até mesmo disparidade de informações. As fases de controle e gerenciamente ficam, desta feita, muito comprometidas.
    Parabéns pelo texto excelente.
    Gostaria de ter acesso a outros que guardam este mesmo primor.
    Carlos Alexandrino

  • Obrigado, Carlos Alexandrino, cadastre seu e-mail e será notificado de todos os novos artigos. Quanto a artigos anteriores, você poderá pesquisá-los em “Posts anteriores”.

  • Pingback: 10 razões para fracassos de Megaprojetos | Gerente de Projetos()

  • Fernando Cordeiro

    Isnaldo,

    Excelente artigo. Acompanho o Blogtek a pouco tempo e a cada leitura me impressiono com o cuidado e delicadeza com que os artigos são escritos. Ao usarem as fotografias como exemplo ficou ainda mais clara e transparente a mensagem deste artigo. PARABÉNS.

  • Obrigado, Fernando, desculpe a demora em responder, é que aguardei pelo Isnaldo, mas o colega está atribulado em uma missão no exterior.

Publicidade

Liderança e Gestão

Planejamento de cenários – estratégia na incerteza

Comente Stonner 13.11.17
Gerenciamento de Projetos

O projeto como parte do negócio – PMBOK Guide sexta edição

Comente Stonner 06.11.17
Gerenciamento de Projetos

Lei de Parkinson – expansibilidade do trabalho

Comente Stonner 30.10.17
Gerenciamento de Projetos

Joint Confidence Level (JCL) – análise simultânea de custo e prazo

2 Comentários Stonner 23.10.17
Gestão da Manutenção

7 desperdícios da produção (Lean Manufacturing)

Comente Stonner 16.10.17

Gerenciamento de Projetos

MS-Project – Dicas e Pegadinhas (Tips & Tricks)

83 Comentários Stonner 28.04.13
Liderança e Gestão

Seis regras testadas para vencer discussões (Les Giblin)

61 Comentários Stonner 01.12.14
Gestão da Manutenção

O Planejamento de uma Parada de Manutenção – Parte 1

61 Comentários Stonner 05.05.13
Atualidades

O que o biquíni esconde e o custo das novas refinarias…

56 Comentários Stonner 17.04.13
Gerenciamento de Projetos

Metodologia FEL – Método dos Portões

44 Comentários Stonner 17.02.13

Bem-vindo ao novo

Blogtek

Seja notificado sempre que um novo conteúdo estiver disponível.

Loading...Loading...
Não se preocupe, não temos prática de enviar spam.
© 2013 - 2017 Blogtek.