Menu

Manutenção Centrada na Confiabilidade – 2

Stonner 4 Comentários 05.02.14 3643 Vizualizações Imprimir Enviar

Manutenção Centrada na Confiabilidade (MCC) – vimos em recente artigo aqui no Blogtek os três primeiros princípios dos quinze que John Moubray descreveu em seu livro “Maintenance Management, a new paradigm” (www.aladon.com) . Continuamos aqui a descrição destes quinze princípios. Leia também aqui no Blogtek Os pilares da Manutenção Centrada na Confiabilidade.Se você quiser ser notificado dos próximos artigos, cadastre seu e-mail aqui ao lado, em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.

Manutenção Centrada na Confiabilidade – Princípio 4:

Visão Tradicional: A probabilidade de falhas aumenta com o envelhecimento, para a maioria dos equipamentos.

Visão da MCC: A maioria das falhas não dependem da idade dos equipamentos.

Chemical Factory At Evening by supakitmodEste princípio foi estabelecido por Moubray baseado em um estudo estatístico relativo a componentes e equipamentos da indústria aeronáutica, onde pôde observar que há diversos tipos de curva da banheira.. Não há dados estatísticos sobre outras indústrias, conforme mencionamos em recente artigo aqui no Blogtek, a Curva da Banheira.

No entanto, Moubray postula que na ausência de qualquer evidência em contrário, é mais conservativo (seguro) assumir que as falhas podem ocorrer em qualquer instante, aleatoriamente, depois de um determinado tempo de operação.

 

 

 

 

Manutenção Centrada na Confiabilidade – Princípio 5:

Visão Tradicional:  É necessário uma ampla base de dados para poder estabelecer um programa de manutenção bem sucedido.

Visão da MCC: As decisões sobre a gestão de falhas de equipamentos terão de ser tomadas com base em dados incompletos e não abrangentes sobre taxas de falhas.

Moubray explica o porquê:

Dificuldades para obter um adequado banco de dados de manutenção:

Tamanho da amostra: frequentemente, os processos industriais têm uma variedade muito grande de equipamentos, ou seja, há poucos equipamentos idênticos que possam gerar uma base de dados confiável. Ademais, a constante evolução dos equipamentos também faz com que os dados estejam em permanente mudança.

Complexidade: a crescente complexidade dos equipamentos faz com que existam dezenas de modos de falha, dificultando a estratificação e a análise.

Falhas: sendo a falha um não atendimento às funções do equipamento dentro do processo, como há os mesmos equipamentos trabalhando em diferentes unidades da planta, atendendo a condições distintas, gerando informações distintas e inconsistentes entre si.

O Paradoxo: quanto mais você evita falhas, menos informações terá sobre falhas!

Manutenção Centrada na Confiabilidade – Princípio 6:

Visão Tradicional:  Há três tipos de manutenção – corretiva, preventiva e preditiva.

Visão da MCC: Há quatro tipos de manutenção – corretiva, preventiva, preditiva e detectiva.

Scaffolding by scottchanA Manutenção Detectiva relaciona-se com a manutenção de equipamentos que devem estar disponíveis, porém não estão operando.

Ao checarmos o funcionamento de um equipamento em tais condições, por exemplo, um alarme de incêndio, um “trip” de turbina, uma iluminação de emergência, estamos realizando um “check” funcional, que não se enquadra em manutenção corretiva, nem preventiva, nem preditiva. É a manutenção detectiva, usado pra detectar falhas ocultas. Nas indústrias modernas, estima-se que 40% das falhas são oriundas de falhas ocultas, e destes, cerca de 80% requerem “checks” funcionais. Ou seja, ao implementar um programa de manutenção adequado, como por exemplo a MCC, cerca de um terço (40% x 80% = 32%) das atividades são de Manutenção Detectiva.

Leia mais em Manutenção: Função Estratégica, de Alan Kardec e Júlio Nascif.

Para ser sempre informado dos novos artigos do Blogtek, cadastre seu e-mail em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

Incoming search terms:

  • como ocorre moubray me esconde branco

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.

Stonner

Rodolfo Stonner, Engenheiro Mecânico pela UFRJ, atuou como Engenheiro de Equipamentos Sênior da Petrobras, e foi Gerente de Construção e Montagem das Obras Extramuros da Refinaria Abreu e Lima (RNEST), em Pernambuco. Atualmente aposentado, é consultor e instrutor nas áreas de Gerenciamento de Projetos e Gestão da Manutenção, e está atuando com a Deloitte na implantação do PMO para a Refinaria de Talara, Peru. Gosta de lecionar, trocar experiências e conhecimentos, é certificado como PMP (Project Management Professional) e RMP (Risk Management Professional) pelo PMI, e CRE (Certified Reliability Engineer) pela ASQ.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

  • Charles

    Caro Stonner

    Muito bom o artigo sobre MCC, pena que este método ainda é pouco usado pelos supervisores de manutenção

    Charles

  • De fato, Charles, ainda é pouco aplicado. Espero que o quadro mude, com maior divulgação!

  • Fernando Martins

    A MCC, realmente é uma tecnica muito útil, mas a grande maioria das empresas prefere ainda o sistema “quebra-conserta”, com custo inicial mais baixo, não pensando no custo final da manutenção, nem na depreciação acelerada de seu equipamento. É uma pena.

  • De fato, Fernando, mas vamos ver se aos poucos, disseminando o conhecimento, conseguimos reverter este quadro. Bem vindo ao Blogtek!

Publicidade

Gerenciamento de Projetos

Contratos EPC e EPCM – diferenças, vantagens e desvantagens

Comente Stonner 18.09.17
Liderança e Gestão

Diagrama Matricial – uma das sete ferramentas de gerenciamento

Comente Stonner 11.09.17
Gestão da Manutenção

O elo frágil da Gestão de Ativos

Comente Stonner 04.09.17
Gerenciamento de Projetos

Avalie a Comunicação em sua empresa ou organização

Comente Stonner 28.08.17
Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento das Partes Interessadas

Comente Stonner 21.08.17

Gerenciamento de Projetos

MS-Project – Dicas e Pegadinhas (Tips & Tricks)

83 Comentários Stonner 28.04.13
Liderança e Gestão

Seis regras testadas para vencer discussões (Les Giblin)

61 Comentários Stonner 01.12.14
Gestão da Manutenção

O Planejamento de uma Parada de Manutenção – Parte 1

61 Comentários Stonner 05.05.13
Atualidades

O que o biquíni esconde e o custo das novas refinarias…

56 Comentários Stonner 17.04.13
Gerenciamento de Projetos

Metodologia FEL – Método dos Portões

44 Comentários Stonner 17.02.13

Bem-vindo ao novo

Blogtek

Seja notificado sempre que um novo conteúdo estiver disponível.

Loading...Loading...
Não se preocupe, não temos prática de enviar spam.
© 2013 - 2017 Blogtek.