Menu

Manutenção Centrada na Confiabilidade – 5

Stonner 2 Comentários 11.02.15 2524 Vizualizações Imprimir Enviar

Manutenção Centrada na Confiabilidade – concluiremos hoje a série de artigos ilustrando os 15 princípios que John Moubray estabeleceu, os quais revolucionaram a visão da Manutenção, mostrando a importância do equilíbrio adequado entre Manutenção Corretiva, Preventiva e Preditiva. Leia a parte 1, a parte 2, a parte 3 e a parte 4 desta sequência de artigos. Se você quiser ser notificado dos próximos artigos, cadastre seu e-mail aqui ao lado, em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.

Manutenção Centrada na Confiabilidade – Princípio 13

Visão Tradicional:  O departamento de Manutenção é o único responsável e habilitado para desenvolver um Plano de Manutenção bem sucedido e duradouro.

Visão da MCC: Um programa de manutenção bem sucedido e duradouro só pode ser desenvolvido com o envolvimento multi-especializado, dos mantenedores e de todos os colaboradores que usam, projetam ou desenvolvem as instalações e equipamentos.

Como a Manutenção Centrada na Confiabilidade é baseado em preservar as FUNÇÕES de seus ativos fixos, e estas funções são determinadas pelos usuários, é fundamental a integração entre Manutenção, Produção (Operação), Engenharia e Suprimentos.

Com a crescente ênfase no Gerenciamento de Ativos, este princípio tem maior destaque.

Manutenção Centrada na Confiabilidade – Princípio 14

Visão Tradicional:  Os fabricantes dos equipamentos são os mais aptos a desenvolverem os programas de manutenção das instalações que usam estes equipamentos.

Visão da MCC: Os fabricantes de equipamentos têm papel limitado na elaboração dos planos de manutenção das novas instalações e equipamentos.

Os manuais do fabricante estabelecem planos de manutenção para manter o equipamento dentro das especificações de PROJETO, o que nem sempre ocorre. A preocupação da Manutenção é manter o equipamento atendendo as suas FUNÇÕES.

Manutenção Centrada na Confiabilidade – Princípio 15

Visão Tradicional:  Os problemas de efetividade da Manutenção podem ser resolvidos através de uma solução única e expedita.

Visão da MCC: Os problemas da Manutenção devem resolvidos em duas etapas:

1) Mudar o modo de pensar das pessoas (ação cultural)

2) Fazer as pessoas aplicarem seus novos modelos mentais nos problemas técnicos de processo (ação comportamental)

As mudanças não ocorrem de imediato, AGORA; são fruto de um PROCESSO. A busca de atalhos (ou gambiarras) é contraproducente. Melhorias são uma JORNADA, e não apenas um DESTINO, exatamente como a filosofia Kaizen (filosofia ou práticas que incidem sobre a melhoria contínua dos processos de manufatura, engenharia, gestão de negócios ou qualquer processo).

Para ser notificado de novos artigos sobre Gestão da Manutenção, Gerenciamento de Projetos, Liderança e Gestão, cadastre seu e-mail aqui em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

Incoming search terms:

  • confiabilidade 5

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.

Stonner

Rodolfo Stonner, Engenheiro Mecânico pela UFRJ, atuou como Engenheiro de Equipamentos Sênior da Petrobras, e foi Gerente de Construção e Montagem das Obras Extramuros da Refinaria Abreu e Lima (RNEST), em Pernambuco. Atualmente aposentado, é consultor e instrutor nas áreas de Gerenciamento de Projetos e Gestão da Manutenção, e está atuando com a Deloitte na implantação do PMO para a Refinaria de Talara, Peru. Gosta de lecionar, trocar experiências e conhecimentos, é certificado como PMP (Project Management Professional) e RMP (Risk Management Professional) pelo PMI, e CRE (Certified Reliability Engineer) pela ASQ.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

  • Perfeito para empresas jovens,as quais estão estruturando seu quadro funcional, conseguindo transmitir para o seu quadro funcional uma segurança dos objetivos de produção com comprometimento do “todo”.Um belo trabalho para ser desenvolvido com o” valor humano”.

  • Obrigado, João Bosco, bem vindo ao Blogtek!

Publicidade

Gerenciamento de Projetos

Síndrome do estudante – procrastinação

Comente Stonner 20.11.17
Liderança e Gestão

Planejamento de cenários – estratégia na incerteza

Comente Stonner 13.11.17
Gerenciamento de Projetos

O projeto como parte do negócio – PMBOK Guide sexta edição

Comente Stonner 06.11.17
Gerenciamento de Projetos

Lei de Parkinson – expansibilidade do trabalho

1 Comentário Stonner 30.10.17
Gerenciamento de Projetos

Joint Confidence Level (JCL) – análise simultânea de custo e prazo

2 Comentários Stonner 23.10.17

Gerenciamento de Projetos

MS-Project – Dicas e Pegadinhas (Tips & Tricks)

83 Comentários Stonner 28.04.13
Liderança e Gestão

Seis regras testadas para vencer discussões (Les Giblin)

61 Comentários Stonner 01.12.14
Gestão da Manutenção

O Planejamento de uma Parada de Manutenção – Parte 1

61 Comentários Stonner 05.05.13
Atualidades

O que o biquíni esconde e o custo das novas refinarias…

56 Comentários Stonner 17.04.13
Gerenciamento de Projetos

Metodologia FEL – Método dos Portões

44 Comentários Stonner 17.02.13

Bem-vindo ao novo

Blogtek

Seja notificado sempre que um novo conteúdo estiver disponível.

Loading...Loading...
Não se preocupe, não temos prática de enviar spam.
© 2013 - 2017 Blogtek.