Menu

Gerenciamento do Projeto Escola de Samba

Stonner 12 Comentários 16.03.15 3356 Vizualizações Imprimir Enviar

Gerenciamento do Projeto Escola de Samba – todos nós brasileiros conhecemos as escolas de samba, e, em maior ou menor grau, apreciamos, ou pelo menos admiramos a grandiosidade do evento desfile de uma escola de samba. Mas hoje vamos abordar o assunto “Desfile de uma escola de samba” não sob o prisma artístico, ou de turismo, mas sob a ótica de Gerenciamento de Projetos. Se você quiser ser notificado dos próximos artigos, cadastre seu e-mail aqui ao lado, em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.

Gerenciamento do Projeto Escola de Samba – Desfile é projeto?

Esta pode ser a primeira pergunta sobre o assunto: podemos considerar o desfile de uma escola de samba um projeto?

O PMBoK Guide (5th Edition, ou edições anteriores) define:

“Projeto é um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado único.”

O evento desfile de uma escola de samba começa logo após o encerramento do desfile, no Carnaval, seja no Domingo e Segunda-feira de Carnaval, seja no desfile das campeãs, se a escola conseguir se posicionar entre as 5 primeiras, e desfila no Sábado pós-Carnaval, e as fases de concepção, planejamento, e execução continuam até o próximo encerramento, após o Carnaval seguinte. É portanto um esforço temporário.

E cria também um resultado único. Desfiles de escolas de samba jamais são iguais, ao longo dos diversos carnavais, e entre as várias escolas.

Então, o evento que tem como ápice o desfile da escola É SEM DÚVIDA um projeto.

São exemplos de projetos:

– A construção e montagem de uma unidade fabril

– A construção e montagem de uma plataforma de petróleo

– A construção de uma estrada, de uma barragem, de um aeroporto, prédio comercial

– A criação de um sistema informatizado de controle de recursos de uma empresa (Enterprise Resource Planning)

– O planejamento e execução de uma Parada de Manutenção

E, agora, podemos também incluir:

– O planejamento, preparação e execução de um desfile de escola de samba.

Gerenciamento do Projeto Escola de Samba – Fases de um projeto

A figura a seguir representa genericamente as fases de um projeto. É, no entanto, uma figura simplista, pois pode nos levar a crer que estas fases são estanques, o que não ocorre.

Gerenciamento do Projeto Escola de Samba - Fases do Projeto

Gerenciamento do Projeto Escola de Samba – Fases do Projeto

Então, um gráfico conceitual que melhor representa a interação entre os grupos de processos, e que ilustra como eles se sobrepõe, como eles têm interfaces, está aqui representado:

Gerenciamento do Projeto Escola de Samba - Grupos de Processo

Gerenciamento do Projeto Escola de Samba – Grupos de Processo

Alguns projetos, como uma Parada de Manutenção, têm seu prazo de execução extremamente curto (30 a 40 dias, por exemplo), resultando em um gráfico como se segue:

Gerenciamento do Projeto Escola de Samba - Grupos de Processo - Parada de Manutenção

Gerenciamento do Projeto Escola de Samba – Grupos de Processo – Parada de Manutenção

Esta visão de um prazo de execução extremamente curto pode criar um viés equivocado, de que a execução em um projeto escola de samba é muito pequeno.

Não, não é. A execução acompanha de perto o planejamento do projeto, e tem mais ou menos a mesma duração.

O que chama a atenção no projeto Escola de Samba é a entrega! Enquanto um projeto de construção de um edifício ou de uma planta fabril gera um ativo com vida útil de dezenas de anos, a Parada de Manutenção gera uma planta em condições de operar ininterruptamente por mais três a cinco anos, o produto entregue pela Escola de Samba não dura muito mais do que os 82 minutos de duração de um desfile (no Rio de Janeiro).

É esta peculiaridade que chama nossa atenção, como gerentes de projeto. Como é feito o gerenciamento das áreas de conhecimento deste tipo de projeto: Integração, Escopo, Tempo, Custos, Qualidade, Recursos Humanos, Comunicações, Riscos, Aquisições, e Partes Interessadas?

Iremos desenvolver nossa visão sobre este tema em um próximo artigo.

Estaremos sempre abordando em detalhes aspectos de Liderança e Gestão, Gerenciamento de Projetos, Gestão da Manutenção nos próximos artigos do Blogtek. Para manter-se informado sobre os próximos artigos, cadastre seu e-mail em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

Incoming search terms:

  • um desfile de carnaval e um projeto ?
  • como fazer um projeto escola samba
  • PROJETO SAMBA NA ESCOLA
  • projeto de carnaval na escola samba
  • tempo de execução para desfile de escola de samba
  • Projetos de escolas de samba do rj
  • projeto samba
  • projeto para montar a escola de samba EAP
  • Projeto desfile riscos
  • porque o desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro duram 82 minutos?

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.

Stonner

Rodolfo Stonner, Engenheiro Mecânico pela UFRJ, atuou como Engenheiro de Equipamentos Sênior da Petrobras, e foi Gerente de Construção e Montagem das Obras Extramuros da Refinaria Abreu e Lima (RNEST), em Pernambuco. Atualmente aposentado, é consultor e instrutor nas áreas de Gerenciamento de Projetos e Gestão da Manutenção, e está atuando com a Deloitte na implantação do PMO para a Refinaria de Talara, Peru. Gosta de lecionar, trocar experiências e conhecimentos, é certificado como PMP (Project Management Professional) e RMP (Risk Management Professional) pelo PMI, e CRE (Certified Reliability Engineer) pela ASQ.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

  • Joelma Damasceno Mota

    Perfeito, Stonner. Gera grande curiosidade, principalmente pq não tenho expectativa que haja mão-de-obra especializada e certificada nos bancos internacionais por dentro dessa engrenagem. Há muito talento e gente que sabe fazer a sua parte, que aprendeu a receitinha de seguir as regras, sem perder a arte e a beleza. Acho que temos muito a aprender com essa turma!

  • Renilton Mascarenhas Brandao

    Para mim este é o melor exemplo de Gerenciamento de Projetos. Não tem change order, solicitação de mais prazo, o pessoal não tem especialização, PMI, etc. É fazer e entrar na avenida no horário. E tem plano “B” para a retirada de um carro que porventura quebre na avenida, pois a fila precisa andar.
    Gostaria de conhecer suas análises sobre o assunto.

  • As Escolas e Samba são projetos fantasticos onde toda a teoria pode ser utilizada.
    O tema Escola de Samba é muito utilizado em treinamento vivencial , quando os participantes têm de 6 a 8 horas para construir uma escola de samba, inclusive com samba enredo e apresentar o desfile para plateia escolhida inclusive com jurados fazendo julgamento.
    É uma ótima forma de utilizar conhecimentos e impactar os participantes.

    José luiz

  • Osvaldo

    Acho que colocar uma escola de samba na avenida é um projeto de alta complexidade que nasce em até um ano antes do dia do desfile. A escolha do tema, a preparação no barracão da escola que reúne uma legião de trabalhadores de todas as profissões (eletricistas, soldadores, costureiras, artistas plásticos…). Os ensaios são simulações que servem para planejar e ensaiar a apresentação do tema enredo. A escolha de fantasias que estejam em harmonia com o tema e a preparação do efeito visual que vai causar no público. E todo este projeto vai ser finalizado em 82 minutos e em 700m de passarela. Ufa.. É muita coisa que tem que convergir num espetáculo que ainda deve cativar o público e os jurados. Um dado interessante é que os stakeholders neste tipo de projeto trabalham até de graça (a maioria), isso mesmo as pessoas motivadas que gastam dinheiro do bolso para que o projeto dê certo. Puxa porque uma obra não temos a mesma dedicação (será que falta paixão…).

  • MAKSON SILVA

    Muito bom, Rodolfo!
    Embora infelizmente sendo o desfile das principais escolas de samba do Brasil, as do Rio de Janeiro no caso, serem coordenados pela contravenção, há muita coisa séria e honeta por detrás e por que não trazermo-las para o mundo que não seja o do sonho , o da fantasia?
    Cordialmente.

  • Francisca Cezar Alves

    Sempre pensei sobre o assunto e quando os projetos não saem conforme planejado, acabo com um profundo respeito pelos integrantes de uma escola de samba que muitas vezes nem profissionais qualificaos são. Certamente muitas coisas saem errado, mesmo no desfile impecável, mas é inquestionável que a garra pelo projeto e a disputa com as outras escolas é fator que torna mais emocionamente a tarefa da produção. E não vamos esquecer que o dinheiro investido também deve ser em proporção bem maior do que o orçamento dos projetos de obra.
    Mas devemos lembrar que dispomos de mais conhecimento,mais profissionais qualificados, mais receitas prontas de projeto, mais knowhow , mas acho que ainda falta o básico, integração entre as áreas envolvidas. Bom pensar nisto.

  • De fato, Francisca, em grandes projetos muitas vezes falta integração!!!

  • Olá, Makson, correto! Mesmo com alguns aspectos questionáveis, há interessantes lições a serem aprendidas!

  • Osvaldo, concordo com a questão da paixão. Não precisa ser uma paixão arrebatadora como muitos sentem pela escola de samba, mas ter dedicação e entusiasmo pelo projeto…

  • Olá, Renilton, obrigado pelo comentário. Vou ainda publicar outro artigo sobre o projeto Escola de Samba, avaliando o desempenho em cada uma das áreas de conhecimento.

  • Marcio

    Parabéns e grato por ajudar, sou integrante de uma diretoria de Escola de Samba e tentamos desenvolver nosso projeto em em 3 três fases; Elaboração (planejamento, definir departamentos e distribuição de tarefas) Execução (estabelecer prazos e acompanhamento) Conclusão (o desfile ). Nossos problemas são comunicação e comprometimento de 100% dos integrantes.

  • Desculpe a demora na resposta!! Obrigado pela visita ao Blogtek!

Publicidade

Gerenciamento de Projetos

Contratos EPC e EPCM – diferenças, vantagens e desvantagens

Comente Stonner 18.09.17
Liderança e Gestão

Diagrama Matricial – uma das sete ferramentas de gerenciamento

Comente Stonner 11.09.17
Gestão da Manutenção

O elo frágil da Gestão de Ativos

Comente Stonner 04.09.17
Gerenciamento de Projetos

Avalie a Comunicação em sua empresa ou organização

Comente Stonner 28.08.17
Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento das Partes Interessadas

Comente Stonner 21.08.17

Gerenciamento de Projetos

MS-Project – Dicas e Pegadinhas (Tips & Tricks)

83 Comentários Stonner 28.04.13
Liderança e Gestão

Seis regras testadas para vencer discussões (Les Giblin)

61 Comentários Stonner 01.12.14
Gestão da Manutenção

O Planejamento de uma Parada de Manutenção – Parte 1

61 Comentários Stonner 05.05.13
Atualidades

O que o biquíni esconde e o custo das novas refinarias…

56 Comentários Stonner 17.04.13
Gerenciamento de Projetos

Metodologia FEL – Método dos Portões

44 Comentários Stonner 17.02.13

Bem-vindo ao novo

Blogtek

Seja notificado sempre que um novo conteúdo estiver disponível.

Loading...Loading...
Não se preocupe, não temos prática de enviar spam.
© 2013 - 2017 Blogtek.