Menu

Estrutura Organizacional de Projetos – resumo

Stonner 6 Comentários 09.04.14 7511 Vizualizações Imprimir Enviar

Estrutura Organizacional – recentemente publicamos um artigo aqui no Blogtek, mostrando através de uma empresa hipotética (uma siderurgia), como sua estrutura organizacional poderia evoluir de acordo com as demandas de novos projetos. Hoje publicaremos um resumo comparativo das características, vantagens e desvantagens da Estrutura Funcional, Estrutura Matricial e Estrutura Projetizada.  Se você quiser ser notificado dos próximos artigos, cadastre seu e-mail aqui ao lado, em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.

Estrutura Organizacional – Resumo Comparativo

A Estrutura Funcional é a estrutura mais tradicional, organizada por departamentos (funções). Na eventualidade de um projeto (evento de prazo definido), as pessoas alocadas em seus departamentos irão colaborar com o projeto. Notem que não será sua atribuição primordial. Portanto, o Gerente do Projeto terá pouca autoridade sobre este efetivo, o qual estará pouco disponível para o Projeto, posto que tem suas atribuições cotidianas bem definidas. Mesmo o Gerente de Projeto provavelmente não estará integralmente dedicado ao Projeto.

Na Estrutura Matricial, a qual pode ser, como vimos no artigo do Blogtek acima mencionado, Fraca, Balanceada ou Forte, conforme se afaste ou se aproxime dos Objetivos do Projeto, as pessoas, ainda que formalmente continuem alocadas em seus departamentos, seguindo a estrutura tradicional (funcional) são formalmente designadas para participar de Projeto, o que melhora (atenua) a questão da autoridade do Gerente do Projeto, a disponibilidade e dedicação dos recursos para o Projeto. Ainda assim, a equipe tem dois “chefes”, um no alinhamento funcional, e outro no alinhamento matricial.

Na Estrutura Projetizada, ao mesmo nível dos departamentos funcionais, que atuam na rotina da organização, é criado também um departamento voltado para Projeto(s), o qual tem sua equipe própria, o que evidentemente confere total autoridade do Gerente de projeto sobre sua equipe, bem como total disponibilidade dos recursos para o Projeto.

Estrutura Organizacional de Projetos - resumo comparativo

Estrutura Organizacional de Projetos – resumo comparativo

Estrutura Organizacional – Estrutura Funcional

Na Estrutura Funcional, como podemos ver no quadro que se segue, os especialistas podem contribuir pra diferentes projetos, portanto há um bom aproveitamento da equipe (boa produtividade). Há que se lembrar que mudar de um projeto para outro, para resolver problemas específicos, representará sempre uma descontinuidade e acarretará perda de produtividade.

Como as pessoas da equipe estão alocadas em suas respectivas áreas funcionais, onde sua especialização é requerida, evidentemente a sua ascensão profissional é facilitada, bem como seu crescimento técnico.

Estrutura Organizacional de Projetos - estrutura funcional

Estrutura Organizacional de Projetos – estrutura funcional

Estrutura Organizacional – Estrutura Matricial

A estrutura matricial combina as estruturas funcional e projetizada para formar uma estrutura híbrida. Em paralelo à estrutura tradicional, funcional, sob a responsabilidade dos gerentes funcionais, são criados equipes de projeto, sob a coordenação dos gerentes de projetos. Os grupos de projeto utilizam equipes que pertencem aos setores funcionais, as quais passam a ter atribuições ligadas ao Projeto, e atribuições de seu departamento funcional. Este é um dos inconvenientes, ter dois “chefes”.

Estrutura Organizacional de Projetos - estrutura matricial

Estrutura Organizacional de Projetos – estrutura matricial

 Estrutura Organizacional – Estrutura Projetizada

Na estrutura projetizada, o Projeto tem a mesma importância das atividades de rotina. Há pessoas de todas as especialidades requeridas presentes na equipe, o que aumenta a possibilidade de resultados positivos, porém diminui o pleno aproveitamento dos recursos (em certos momentos, certas áreas podem estar sendo menos exigidas).

Na Estrutura Projetizada, ao término do Projeto (que é um evento finito no tempo), existe a desmobilização, que introduz um viés de insegurança na equipe.

Estrutura Organizacional de Projetos - estrutura projetizada

Estrutura Organizacional de Projetos – estrutura projetizada

Se você quiser ser notificado dos próximos artigos, cadastre seu e-mail aqui ao lado, em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

Incoming search terms:

  • estrutura funcional vantagens e desvantagens
  • estrutura matricial vantagens e desvantagens
  • estrutura hibrida
  • estrutura funcional matricial e projetizada
  • estrutura funcional da sadc
  • estrutura de projetos
  • estrutura organizacional vantagens e desvantagens
  • resumo da comparativa dos projetos
  • quadro organizacional sobre projeto de leitura
  • Conclusão do trabalho estrutura organizacional

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.

Stonner

Rodolfo Stonner, Engenheiro Mecânico pela UFRJ, atuou como Engenheiro de Equipamentos Sênior da Petrobras, e foi Gerente de Construção e Montagem das Obras Extramuros da Refinaria Abreu e Lima (RNEST), em Pernambuco. Atualmente aposentado, é consultor e instrutor nas áreas de Gerenciamento de Projetos e Gestão da Manutenção, e está atuando com a Deloitte na implantação do PMO para a Refinaria de Talara, Peru. Gosta de lecionar, trocar experiências e conhecimentos, é certificado como PMP (Project Management Professional) e RMP (Risk Management Professional) pelo PMI, e CRE (Certified Reliability Engineer) pela ASQ.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

  • Antonio Landi Borges

    Rodolfo,
    Parabéns pela exposição. Milito muito nesta área de implantação de projetos e nunca vi uma exposição tão clara sobre Estrutura Funcional. Nota-se que pequenos projetos, ou seja, projetos de melhorias em uma estrutura ja em funcionamento, tendem a ser funcionais, com inserção de especialistas.
    Grandes projetos, principalmente projetos de implantação, estes tendem a ter Estrutura Projetizada e não raro, com resultados muito positivos.
    Nas minhas experiencias, principalmente com multinacionais, tenho visto com muita frequencia a Estrutura Matricial e muito raramente com algum sucesso. Voce colocou como, às vezes, com duplo comando e eu diria que são “multiplos comandos”, deixando os gerentes de projeto totalmente perdidos. Muito frequentemente, cada disciplina segue uma orientação e que mudam com muita frequencia. Como não ha uma boa comunicação entre as áreas, isto gera conflitos pessoais e técnicos com consequente perda de produtividade (custos e prazos). Esta estória é tão grave que frequentemente tem levado bons projetos a se tornarem maus negócios. Os fatos mais frequentes estão entre a dissonância entre implantação física de um projeto e suas liberações ambientais. Certamente ha um duplo comando e independentes.

  • Caro Antonio, grato pelo comentário. Concordo plenamente com você, com relação à questão da estrutura matricial…agarvado, como vc mencionou, pelo problema de comunicação!

  • Parabéns excelente artigo e eloquente.

  • Obrigado, Sandra! Seja bem vinda ao Blogtek!

  • jorge juliano de oliveira

    Olá Rodolfo. Grato pelo artigo. Não milito na área de engenharia, mas como auditor tive oportunidade de ‘auditar’ diversos projetos. O trabalho mais interessante foi justamente numa ’empresa de projetos’ ligada a uma das grandes construtoras do país, e que se utilizava de uma ‘estrutura matricial’ para desenvolver os projetos. Pois bem, após um grande período de análise da carteira de projetos e da gestão, elencamos algumas ‘pegadinhas’ que eu imagino você já deva ter vivenciado na prática: A alocação de recursos e o controle do orçamento dos projetos eram determinados por ‘volumes de horas’ e de ‘recursos financeiros’ pré-estabelecidos, ou seja: um determinado projeto exigia ‘x’ nº de horas e ‘y’ valor (taxa/hora) do especialista envolvido. Esse ‘gasto’ era informado como budget do projeto (um ‘débito’) e o profissional respectivo, recebia esse mesmo valor como ‘crédito’. Tudo corria muito bem, não fosse o fato de que o recurso alocado (esse profissional), não recebia como salário ‘apenas’ as horas que conseguia alocar a projetos, e sim, obviamente, seu salário mensal ao final de cada mês. Resumo da obra: A ‘unidade de projetos’ apresentava projetos com ‘lucro’, mas a empresa amargava em prejuízos sucessivos… Obviamente causados pela desconsideração do tempo improdutivo dos profissionais da equipe. Gestão matricial é muito importante, mas ainda mais importante é se lembrar que para ‘pagar tudo isso, as contas (reais – do fluxo de caixa) precisam sempre estar na mente de todos. Muito bom artigo.

  • Obrigado, Jorge Juliano, e grato pelo comentário, que acrescentou bastante! Sempre devemos ter o olhar dos custos!

Publicidade

Gerenciamento de Projetos

Contratos EPC e EPCM – diferenças, vantagens e desvantagens

Comente Stonner 18.09.17
Liderança e Gestão

Diagrama Matricial – uma das sete ferramentas de gerenciamento

Comente Stonner 11.09.17
Gestão da Manutenção

O elo frágil da Gestão de Ativos

Comente Stonner 04.09.17
Gerenciamento de Projetos

Avalie a Comunicação em sua empresa ou organização

Comente Stonner 28.08.17
Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento das Partes Interessadas

Comente Stonner 21.08.17

Gerenciamento de Projetos

MS-Project – Dicas e Pegadinhas (Tips & Tricks)

83 Comentários Stonner 28.04.13
Liderança e Gestão

Seis regras testadas para vencer discussões (Les Giblin)

61 Comentários Stonner 01.12.14
Gestão da Manutenção

O Planejamento de uma Parada de Manutenção – Parte 1

61 Comentários Stonner 05.05.13
Atualidades

O que o biquíni esconde e o custo das novas refinarias…

56 Comentários Stonner 17.04.13
Gerenciamento de Projetos

Metodologia FEL – Método dos Portões

44 Comentários Stonner 17.02.13

Bem-vindo ao novo

Blogtek

Seja notificado sempre que um novo conteúdo estiver disponível.

Loading...Loading...
Não se preocupe, não temos prática de enviar spam.
© 2013 - 2017 Blogtek.