Menu

As dimensões culturais de Hofstede – Aspectos internacionais de gestão de projetos (parte 1)

Stonner 12 Comentários 23.04.14 2993 Vizualizações Imprimir Enviar

Dimensões Culturais de Hofstede: em um mundo globalizado como o atual, em que os grandes projetos transpõem as fronteiras geográficas, é fundamental conhecer as características de outros povos, e as dimensões culturais de Hofstede muito nos ensinam a respeito.  Se você quiser ser notificado dos próximos artigos, cadastre seu e-mail aqui ao lado, em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.

 

As dimensões culturais de Hofstede – introdução

A medida que o mundo se globaliza, cada vez mais os líderes se dão conta de que o que funciona em um lugar pode não funcionar em outro. Então, como lidar com estas diferenças culturais? O processo de lições aprendidas pode ser demorado e pouco eficaz, porque certos comportamentos podem aniquilar um projeto no nascedouro.

Felizmente, um psicólogo holandês, Geert Hofstede (geert-hofstede.com) , com acesso a uma vasta rede de dados empresariais, após uma década de pesquisas e milhares de entrevistas, realizadas em mais de 40 países, conseguiu alinhar as diferenças culturais entre diferentes povos em torno de 5 eixos, os quais ele denominou “dimensões culturais”.

Os dados aos quais Hofstede teve acesso foram todos relativos a funcionários de uma mesma empresa, a IBM, que sempre foi uma empresa de cunho internacional, atuante em diversos países. Este fato, ao invés de ser limitante, permitiu que as diferenças culturais registradas fossem atribuídas unicamente às questões regionais, e não a questões de diferentes mentalidades empresariais.

As dimensões culturais de Hofstede – relação Poder/Distância (PD)

Esta dimensão se refere ao grau de desigualdade existente e é aceita entre os grupos que detém o poder na empresa (ou na sociedade) e aqueles que são comandados ou liderados pelos demais.

Um baixo índice PD reflete uma sociedade mais igualitária, enquanto um alto PD significa uma sociedade muito hierarquizada, onde as pessoas “conhecem o seu lugar”. É simples perceber que em uma sociedade com alto PD existem muitas “carteiradas”, tipo “Você sabe com quem está falando?”.

Não é difícil intuir que no extremo da Alto PD estão muitos países latinos (quanto mais subdesenvolvidos maior o PD) e alguns países asiáticos pouco desenvolvidos: Guatemala, Panamá, Malásia, Filipinas. Do outro lado da escala, temos: Dinamarca, Suécia, Noruega, Finlândia, Holanda.

A seguir, uma tabela com as características de organizações em função da dimensão PD, e que tipo de abordagem é sugerida às pessoas que se inserem neste contexto:

Dimensões culturais de Hofstede - relação Poder-Distância

Dimensões culturais de Hofstede – relação Poder-Distância

As dimensões culturais de Hofstede – Individualismo (INV)

O nome desta dimensão já é bastante indicativo. Sociedade com baixo grau de individualismo tendem a privilegiar o coletivo, com forte coesão de grupos, enquanto alto grau de individualismo representa sociedades em que a privacidade é extremamente respeitada, com poucas conexões interpessoais, e responsabilidades muito personalizadas.

Países com forte presença tribal ou de clãs, como Peru, Guatemala, Colômbia, China, tem baixo índice de Individualismo, enquanto as sociedades tipicamente ocidentais, como países Europeus, Canadá e Estados Unidos, tem alto grau de Individualismo.

A seguir, uma tabela com as características de organizações em função da dimensão INV, e o tipo de abordagem sugerida:

Dimensões culturais de Hofstede - Individualismo

Dimensões culturais de Hofstede – Individualismo

As dimensões culturais de Hofstede – Masculinidade (MAS)

Este indicador reflete a aderência à separação de valores definidos por sexo: funções predominantemente masculinas e femininas. Nas sociedades com alto grau de masculinidade, a função do Homem é ser o Provedor, ser o Forte, ser o Defensor, ser quem toma as decisões. Nas sociedades com baixo índice de Masculinidade, o Poder é mais facilmente compartilhado, a igualdade sexual é mais clara.

Países árabes e alguns países orientais (Japão) tem alto grau de Masculinidade, mais do que países latinos (note que na Itália há forte distinção entre Norte e Sul neste aspecto). Os países Nórdicos são os que tem mais baixos índices de Masculinidade. Curiosamente, os Estados Unidos, berço dos movimentos feministas, encontra-se na zona intermediaria.

A tabela tem o seguinte aspecto:

Dimensões culturais de Hofstede - Masculinidade

Dimensões culturais de Hofstede – Masculinidade

Breve publicaremos mais um artigo sobre as outras duas dimensões culturais de Hofstede, e outros artigos sobre diferenças culturais existentes no ambiente de Projetos. Se você quiser ser notificado dos próximos artigos, cadastre seu e-mail aqui ao lado, em Assine o Blogtek! SEU E-MAIL NÃO SERÁ USADO POR TERCEIROS.

 

Incoming search terms:

  • as dimensões de Rodolfo
  • aspecto culturais do malasia
  • hofstede estados unidos e japão

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.

Stonner

Rodolfo Stonner, Engenheiro Mecânico pela UFRJ, atuou como Engenheiro de Equipamentos Sênior da Petrobras, e foi Gerente de Construção e Montagem das Obras Extramuros da Refinaria Abreu e Lima (RNEST), em Pernambuco. Atualmente aposentado, é consultor e instrutor nas áreas de Gerenciamento de Projetos e Gestão da Manutenção, e está atuando com a Deloitte na implantação do PMO para a Refinaria de Talara, Peru. Gosta de lecionar, trocar experiências e conhecimentos, é certificado como PMP (Project Management Professional) e RMP (Risk Management Professional) pelo PMI, e CRE (Certified Reliability Engineer) pela ASQ.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade

Gerenciamento de Projetos

Síndrome do estudante – procrastinação

Comente Stonner 20.11.17
Liderança e Gestão

Planejamento de cenários – estratégia na incerteza

Comente Stonner 13.11.17
Gerenciamento de Projetos

O projeto como parte do negócio – PMBOK Guide sexta edição

Comente Stonner 06.11.17
Gerenciamento de Projetos

Lei de Parkinson – expansibilidade do trabalho

1 Comentário Stonner 30.10.17
Gerenciamento de Projetos

Joint Confidence Level (JCL) – análise simultânea de custo e prazo

2 Comentários Stonner 23.10.17

Gerenciamento de Projetos

MS-Project – Dicas e Pegadinhas (Tips & Tricks)

83 Comentários Stonner 28.04.13
Liderança e Gestão

Seis regras testadas para vencer discussões (Les Giblin)

61 Comentários Stonner 01.12.14
Gestão da Manutenção

O Planejamento de uma Parada de Manutenção – Parte 1

61 Comentários Stonner 05.05.13
Atualidades

O que o biquíni esconde e o custo das novas refinarias…

56 Comentários Stonner 17.04.13
Gerenciamento de Projetos

Metodologia FEL – Método dos Portões

44 Comentários Stonner 17.02.13

Bem-vindo ao novo

Blogtek

Seja notificado sempre que um novo conteúdo estiver disponível.

Loading...Loading...
Não se preocupe, não temos prática de enviar spam.
© 2013 - 2017 Blogtek.