Menu

A Gestão Estratégico-Financeira da Manutenção – Parte 2

Lourival Tavares 5 Comentários 21.03.13 3052 Vizualizações Imprimir Enviar

No último post, tivemos a honra de publicar a primeira parte desta contribuição do Engenheiro e Professor Lourival Tavares. Damos aqui continuidade ao artigo Gestão Estratégico-Financeira da Manutenção. Para continuar recebendo os artigos, cadastre seu e-mail aqui no topo do blog, em Assine o Blogtek.

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.

A MANUTENÇÃO NA ERA GLOBALIZADA

Para que a Manutenção possa ser eficiente, eficaz e efetiva e, desta forma contribuir para a sobrevivência das empresas, no atual mundo globalizado deve buscar atender às seguintes condições:

1) Escolher a estrutura organizacional adequada (Centralizada, Descentralizada, Mista)

Na estrutura centralizada o órgão de manutenção está localizado no mesmo nível dos níveis operacionais e atende a todos eles com uma única equipe.

Este tipo de estrutura está sendo adotado em 32% das empresas brasileiras segundo a pesquisa da ABRAMAN (Associação Brasileira de Manutenção) no ano de 2011.

MCN 07

Na estrutura descentralizada a manutenção fica distribuida sob cada área operacional. O grande inconveniente deste tipo de estrutura é que ao distribuir o Planejamento e Controle da Manutenção e a Engenharia de Manutenção pelas áreas operacionais se geram diversos padrões diferentes de procedimento o que impossibilita a integração corporativa da função. De acordo con a pesquisa da ABRAMAN de 2011, 27% das empresas brasileiras adotam este tipo de estrutura.

MCN 08

Na estrutura mista cada área operacional tem uma equipe para atender as atividades regulares da área e existe um órgão de manutenção ao mesmo nível dos operacionais onde se centraliza o Planejamento, Controle e Gestão da Manutenção além de uma equipe chamada “Oficina Central” que está qualificada para atender a qualquer das áreas que necessitem de reforço em seus efetivos. Este tipo de estrutura é adotada por 41% de las empresas brasileiras de acordo com a pesquisa da ABRAMAN de 2011.

MCN 09

2) Estabelecer o vínculo entre a estrutura selecionada e a empresa.

Por suas características de atuação, a manutenção se relaciona com as áreas que atuam na relação externa da empresa, ou seja, Operação, Vendas, Marketing e Patrimonio.

Por sua vez, manutenção também se relaciona con as áreas que provêem os recursos para que a empresa possa desenvolver sua atividade, ou seja, Materiais, Compras, Contratos, Recursos Humanos, etc.

Portanto, manutenção é, por sua natureza funcional uma função corporativa e, por conseguinte, tem deveres e responsabilidades inerentes ao êxito ou fracasso da empresa.

MCN 10

3) Estabelecer a Missão e a Visão

Para cumprir as exigências cada vez maiores de atuação é recomendável que esteja definida a Missão e a Visão da área de manutenção e dentre as diversas sugestões que encontramos em nossa investigação, as que nos pareceram mais adequadas são:

MISSÃO – Oferecer a nossos clientes soluções efetivas baseadas em serviço Oportuno, Inovador, Confiável, de Custo Competitivo em tudo  relacionado à Manutenção e atividades afins que psamos desenvolver.

VISÃO – Ser considerada, pela empresa à qual oferecemos e damos nosso serviço, como a melhor opção dentro de nossas atribuições.

A definição da Missão e Visão tem que estar bem clara e difundida entre o pessoal pois, se não, temos o risco de nos transformarnos em um “órgão pato”! (3)

O pato é uma ave que faz de tudo – voa, nada sobre a água, nada embaixo da água, anda, canta – porém faz tudo isto muito mal!! (3)

Cadastre seu e-mail no topo do blog (Assine o Blogtek!) para receber automaticamente as atualizações do blog. Seu e-mail NÃO será usado para fins comerciais.

Compre o livro do Engenheiro Lourival Tavares:

Novo-Livro-Mantenimiento-Centrado-en-el-Negocio

REFERÊNCIAS

(1)  Caja de Herramientas – www.infomipyme.com/…/custos.htmGuatemala  – Consulta en 13 mar 2012

(2)  Aplicação del Lean Manufacturing al Manutenção – Ing. Jorge Luiz M. Felix – TCC 24 ENGEMAN – Mar 2012

(3)  Ing. Rodolfo Stonner – Curso Diplomado PEMEX 2007

(4)   www.portalgerenciais.com.br – Histórico da Administração Estratégica – Marcopolo Marinho – Acesso em 07 Sep 2012

Incoming search terms:

  • áreas de uma empresa
  • Quanto que é o curso mcn10 elétrica

Clique aqui e cadastre-se para receber uma notificação por email sempre que um novo artigo for postado

Seu email não será utilizado por terceiros nem para envio de spam.

Lourival Tavares

Engenheiro Eletricista, pela Escola Federal de Engenharia de Rio de Janeiro. Trabalhou em FURNAS e ITAIPU como chefe da Assessoria Técnica da Superintendência de Operação e Manutenção. Autor dos livros “Controle de Manutenção por Computador”, “Excelência na Manutenção”; “Administração Moderna de Manutenção (português e espanhol); e “Manutenção Centrada no Negócio” (português e espanhol). Coordenador Geral e Instrutor do MBA em Engenharia de Manutenção, da UFRJ. Reconhecido como “notório saber” em Engenharia de Manutenção por duas Universidades brasileiras. Diretor nacional da ABRAMAN em dois mandatos. Instrutor de vários cursos em Gestão de Manutenção, já realizados mais de 1.500 vezes para mais de 30.000 profissionais na Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Guatemala, México, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Publicidade

Gerenciamento de Projetos

Síndrome do estudante – procrastinação

Comente Stonner 20.11.17
Liderança e Gestão

Planejamento de cenários – estratégia na incerteza

Comente Stonner 13.11.17
Gerenciamento de Projetos

O projeto como parte do negócio – PMBOK Guide sexta edição

Comente Stonner 06.11.17
Gerenciamento de Projetos

Lei de Parkinson – expansibilidade do trabalho

1 Comentário Stonner 30.10.17
Gerenciamento de Projetos

Joint Confidence Level (JCL) – análise simultânea de custo e prazo

2 Comentários Stonner 23.10.17

Gerenciamento de Projetos

MS-Project – Dicas e Pegadinhas (Tips & Tricks)

83 Comentários Stonner 28.04.13
Liderança e Gestão

Seis regras testadas para vencer discussões (Les Giblin)

61 Comentários Stonner 01.12.14
Gestão da Manutenção

O Planejamento de uma Parada de Manutenção – Parte 1

61 Comentários Stonner 05.05.13
Atualidades

O que o biquíni esconde e o custo das novas refinarias…

56 Comentários Stonner 17.04.13
Gerenciamento de Projetos

Metodologia FEL – Método dos Portões

44 Comentários Stonner 17.02.13

Bem-vindo ao novo

Blogtek

Seja notificado sempre que um novo conteúdo estiver disponível.

Loading...Loading...
Não se preocupe, não temos prática de enviar spam.
© 2013 - 2017 Blogtek.